quinta-feira, 6 de maio de 2010


E POR FALAR EM ESTRELAS...

Texto de Aluísio Cavalcante Jr.


O poeta olhava as estrelas...

Sempre quisera fazer um poema que falasse em estrelas,

Mas nunca havia conseguido entendê-las o suficiente

Para escrever sobre elas.

Lembrara que também quisera fazer um poema

Que falasse sobre mães,

Mas também nunca havia conseguido entendê-las o suficiente

Para escrever sobre elas.



Um dia enquanto olhava as estrelas, passou a lembrar de sua mãe.

Lembrara de quando era criança

E de quantas vezes quando estava sozinho

Bastava um leve choro,

Para que sua mãe viesse de braços abertos confortá-lo.

Para ele mãe significava SEGURANÇA.



Mas cresceu e veio a escola.

Primeiras letras, desenhos e histórias.

O retorno para casa era o momento do encontro.

Para ele mãe significava ALEGRIA.



Cresceu ainda mais e virou adolescente.

Vieram os problemas e novos sentimentos.

Na confusão das novas emoções

Mãe para ele agora significava PAZ.



Casou-se e vieram os seus filhos.

Insegurança, dúvidas e como criá-los.

Nestes momentos sua mãe chegava com conselhos

E as respostas sempre prontas.

Mãe para ele significava SABEDORIA.



E quando sua mãe completou a viagem nesta vida,

Ficaram tantas lembranças, tantas histórias...

Que mesmo distante dela não se sentiu vazio.

Mãe para ele significava SAUDADE.



O poeta olhava as estrelas...

O poeta lembrava-se de sua mãe...

E de súbito entendeu que as estrelas

Nada mais são que o brilho das mães,

Que mesmo não estando mais em sua viagem pela terra,

Continuam a iluminar e acompanhar os seus filhos sempre.

Compreendeu que MÃE foi a melhor forma que DEUS encontrou,

Para explicar da maneira mais perfeita

O significado pleno da palavra

AMOR.





________________________________________________





A HISTÓRIA DO TEXTO







Escrevi este texto para minha mãe há alguns anos.

Sempre que falo de minha mãe,

lembro imediatamente da sua ternura,

da sua fé inabalável,

da sua humanidade especial.

Sem ela eu não seria o que hoje sou.

Nos braços dela aprendi o sentido do que era doação,

força de vontade e esperança.

Aprendi o sentido do que era justiça,

esperança e família.


Hoje sei que sem você minha
MÃE,

eu não entenderia o significado da palavra amor.











81 comentários:

  1. Aluísio grande amigo!!

    Inauditos sentimentos guiaram-no com inspiração ao tecer com maestria tão belo poema.
    Visualizei cada fragmento. Embora tenha ela, minha mãe, cumprido seu propósito neste intervalo chamado Vida. Deixou vidas que continuam.

    Forte abraço amigo,

    Alôha com muitas bençãos.

    Hod.

    ResponderExcluir
  2. Meu amigo querido
    Hoje você me pegou num dia
    pra lá de sensível,
    me fizeste chorar com um poema
    tão lindo, razão de nossas razões
    no coração adormecido.
    Minha mãe 24 anos de partida,
    e desde o primeiro ano destinei a
    ela uma estrela. Sempre que me
    coloco perante o céu, nessas noites
    de angustia, é com ela que me dirijo
    a procura e sei o quanto ela me escuta.
    Os anos passam, não importa em que numero
    a saudade se eterniza, mas nunca acaba
    Mãe é a figuração do paraíso e oxalá quem
    ainda não precise da saudade para estar ao lado
    dela.

    maravilhoso poema, íntegro, profundo
    e merecedor de bonitas inspiração Aluisio.
    Parabéns!
    Obrigado por haver me feito chorar, mais
    um pouquinho...

    Bjs
    Livinha

    ResponderExcluir
  3. Aluísio, amado!
    Que preciosidade... Esse último ano, essa semana em especial, por várias razões, estou com as emoções à flor da alma. Ler esse poema fez com que mais lágrimas brotassem... Lágrimas de AMOR!
    Beijuuss n.c.

    www.toforatodentro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Sempre demonstranto o poder dos sentimentos atraves das palavras, parabéns

    ResponderExcluir
  5. mãe é visceral. mãe é mundo. mãe, é tudo que abraça!

    beijo

    ResponderExcluir
  6. Aluísio...simplesmente maravilhoso seu poema e o que você escreveu sobre o texto...você captou a essência do ser Mãe... talhou com palavras... o Amor...
    Obrigada por sua visita lá no meu cantinho...amei suas palavras...
    Um grande abraço...

    Valéria

    ResponderExcluir
  7. ALUISIO CAVALCANTE JR

    Coisa linda este seus versos, adorei!
    Passando para desejar um
    FELIZ DIA DAS MÃES

    Efigênia Coutinho
    in New York

    ResponderExcluir
  8. Lindoo poema! e concordo plenamente com vc. Quando vemos o quanto nossas mães abdicaram por nós é que sabemos o quanto fomos amados e as vezes ingratos ao pensar que não. Falo um pouco disso no meu post atual, caso queira dar uma olhada, seja bem vindo =]. Abraços!

    ResponderExcluir
  9. Meu querido amigo
    Um canto maravilhoso à mãe...muito lindo.

    deixo beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  10. Olá! Obrigada pela força lá no meu Blog... Seja bem vindo!!! Uma honra ter um poeta como seguidor... Só aumenta minha responsabilidade! Também gostei muito dos seus Blogs... Cada texto mais lindo que o outro, é até difícil falar de um só... Parabéns!
    Abraços,
    Nayara

    ResponderExcluir
  11. Meu amigo, quero agradecer a visita e dizer-lhe que é uma honra recebe-lo.
    Quanto a teu poema, mostra o quão maravilhoso é estarmos em sintonia com nossa mãe, mesmo após sua partida, para daí, ve-la brilhando no alto.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  12. Um feliz dia das mães um abraço Lisette.

    ResponderExcluir
  13. Que lindinho. Queria nem dizer não, mas um trecho dele vai ser presente pra minha mãe, porque esse negócio de monetarizar tudo ainda vai nos matar - ou o planeta.

    ResponderExcluir
  14. Olá
    Como no próximo domingo, dia 9 de Maio, se celebra o Dia das Mães no Brasil, resolvi fazer uma pequena homenagem às minha amigas brasileiras, publicando, no SÁBADO, dia 8, um post no meu blog OLHAI OS LÍRIOS DO MACUÁ
    Beijinhos
    Mariazita
    PS - Voltarei para comentar logo que possível.

    ResponderExcluir
  15. Vim convidar para assistir meu vídeo novo, no Blog: """SENTIMENTOS"""
    http://sentimentosjacque.blogspot.com
    /

    Beijo

    ResponderExcluir
  16. Gracias pela visita no meu blog..

    Vim agora p tbm conhecer o seu espaço aqui, colega... mto bacana o seu blog... vou virar seguidor..

    abs grande e bom final de semana ae.

    ResponderExcluir
  17. Lindo poema. Minha mãe também já virou uma estrela brilhante...

    ResponderExcluir
  18. Aluizio,que maravilhosa e tocante sua poesia!Uma declaração de amor e vida á sua mãe e uma homenagem a todas as mães!Desejo muitas alegrias a vc e sua mãe no dia de amanhã!Abraços,

    ResponderExcluir
  19. minha mãe já faleceu...por isso te deixo um conselho: aproveita ao máximo tudo que você possa viver ao lado dela!
    ^^

    beijao

    ResponderExcluir
  20. AMOR de MÃE é unico e insubstituível...
    Beijo d'anjo

    ResponderExcluir
  21. Uma maravilha de poema.
    Também me lembra comparar o ser mãe a uma estrela do mar...por mais que nos cortem um pedaço de nós...regeneramos sempre, ganhamos sempre fôlego para continuarmos a cuidar de nossos filhos.
    Venham os desgostos, as tempestades que vierem...assim fazemos... das tripas coração!
    Um excelente dia lhe desejo
    Forte abraço
    Mer

    ResponderExcluir
  22. Maravilhoso sua postagem amigo.

    Profissão Mãe.


    Uma mulher chamada Ana foi renovar sua carteira de motorista.
    Pediram-lhe para informar qual era sua profissão.
    Ela hesitou, sem saber como se classificar.

    "O que eu pergunto é se tem algum trabalho", insistiu o funcionário.
    "Claro que tenho um trabalho" exclamou Ana. "Sou mãe!"

    "Nós não consideramos mãe um trabalho. Vou colocar dona de casa", disse o funcionário friamente.

    Não voltei a lembrar-me desta história até o dia em que me encontrei em situação idêntica. A pessoa que me atendeu era obviamente uma funcionária de carreira, segura, eficiente, dona de um título sonante.

    "Qual é a sua ocupação?" perguntou.
    Não sei o que me fez dizer isto. As palavras simplesmente saltaram-me da boca para fora: "Sou Doutora em Desenvolvimento Infantil e em Relações Humanas."

    A funcionária fez uma pausa, a caneta de tinta permanente a apontar pra o ar, e olhou-me como quem diz que não ouviu bem.
    Eu repeti pausadamente, enfatizando as palavras mais significativas.

    Então reparei, maravilhada, como ela ia escrevendo, com tinta preta, no questionário oficial.

    "Posso perguntar" disse-me ela com novo interesse "o que faz exatamente?"

    Calmamente, sem qualquer traço de agitação na voz, ouvi-me responder: "Desenvolvo um programa de longo prazo (qualquer mãe faz isso), em laboratório e no campo experimental (normalmente eu teria dito dentro e fora de casa).
    Sou responsável por uma equipe (minha família), e já recebi quatro projetos (todas meninas).
    Trabalho em regime de dedicação exclusiva (alguma mulher discorda?).
    O grau de exigência é a nível de 14 horas por dia (para não dizer 24)"

    Houve um crescente tom de respeito na voz da funcionária, que acabou de preencher o formulário, se levantou, e pessoalmente abriu-me a porta.

    Quando cheguei em casa, com o título da minha carreira erguido, fui recebida pela minha equipe: uma com 13 anos, outra com 7 e outra com

    Do andar de cima, pude ouvir meu novo experimento - um bebê de seis meses - testando uma nova tonalidade de voz.
    Senti-me triunfante!

    Maternidade... que carreira gloriosa!

    Assim, as avós deviam ser chamadas Doutora-Sênior em Desenvolvimento Infantil e em Relações Humanas, as bisavós Doutora-Executiva-Sênior em Desenvolvimento Infantil e em Relações Humanas e as tias Doutora-Assistente.

    Uma homenagem carinhosa a todas as mulheres, mães, esposas, amigas, companheiras, Doutoras na Arte de Fazer a Vida Melhor!

    (Marcelo Dias).

    beijooo.

    ResponderExcluir
  23. Aluísio, meu eterno amigo.
    Sempre que venho aqui me emociono com suas palavras.
    Ser mãe é uma dádiva de DEUS.
    Porto seguro onde nós filhos encontramos o refrigério p/ nossas dores da alma.
    Ser mãe é ser mulher...com a graça Divina ser anjos de Luz...que trazem ao mundo filhos tão amados.
    Um lindo domingo p/ vc e sua família.
    Beijos no coraçaõ (*_*)

    ResponderExcluir
  24. Antes porém, permita-me um tempo para que eu respire e inspire...hummmm!
    minha primeira visita e já adentro com lágrimas(...........................)
    Caríssimo, Aluísio Cavalcanti,nome lindíssimo por sinal. Voltemos ao assunto,rs;;;;;;
    ....e por falar em estrelas, o poeta A.C.JR.
    contemplou com "brindes" de; segurança,alegria, paz,sabedoria e sobretudo amor...
    um amor de mãe, que transcende e vincula ao amor divinal. Encantada!!!

    Muito obrigada! por visitar o meu blog... Gentileza e generosidade com palavras lindíssimas! terei imenso prazer de recebê-lo qdo, assim desejar,aliás, sinta se à vontade.

    Atenciosamente,

    IT

    ResponderExcluir
  25. Oi. Obrigada por seu comentário no meu Blog: SENTIMENTOS.
    Eu estou seguindo teu outro Blog.

    Beijo

    ResponderExcluir
  26. Olá, Meu querido amigo, vc não imagina como fico feliz com sua visita e seu comentário, um elogio vindo de um escritor como você é uma honra pra mim.
    Esse poema que vc fez em homenagem à sua mãe é lindo demais e me fez lembrar a minha que foi para o Pai, no dia 9 de março, dois meses hoje.é tudo muito recente e ainda dói muito. Ler seu poema foi maravilhoso.

    Receba meu abraço com muito carinho

    ResponderExcluir
  27. Oi filho, este poema foi o melhor de todos os presentes que recebi hoje. Agradeço a todos os meus filhos por tanto amor e dedicação a mim em todos os dias.Bjos da sua mâe Neci.

    ResponderExcluir
  28. Ótimos poemas... a foto, em contraste... está perfeita.

    Lindo.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  29. Estou suspirando aqui.
    Que lindo *___*
    Maravilhosas palavras, maravilhosa homenagem.

    Grande Beijo!

    ResponderExcluir
  30. Ah as estrelas, quem nunca suspirou ao olhar pra elas? Quem nunca viveu todos os tipos de momentos e sentimentos sob o olhar das estrelas...

    Bjos!

    aislinnahimana.blogger.com.br

    ResponderExcluir
  31. Mãe é mesmo tanta coisa. Talvez seja tudo. Reúne o mundo em si. Elabora o mundo dentro de si.

    Linda homenagem, Aluísio!

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  32. Que linda homenagem, amigo!
    Bjs! Muitos!

    ResponderExcluir
  33. Simplesmente linda a poesia e ao ler a explicação dela,ficamos ainda mais emocionados.LINDA homenagem e muito tocante!abração,chica

    ResponderExcluir
  34. Querido amigo Aluisio,
    mi incanta il tuo inno alla mamma. Non ho letto mai cosi vere, cosí belle e dolci parole. Ti ringrazio di cuore e penso alla mia mamma.
    Un grande abbraccio

    ResponderExcluir
  35. Querido amigo
    Dizer o quê??? É difícil arranjar palavras para definir os sentimentos que um poema assim em mim desperta.
    Portanto, limitar-me-ei a endereçar um grande, enorma aplauso!
    Comoveu-me demais, tanto o poema como a explicação do próprio poema, do porquê da sua feitura. Admirável!
    Como Mãe sinto-me muito honrada. Obrigada!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  36. Obrigadíssimo pela visita e elogio! Fiz o caminho contrário ao seu link e me deparei com um blog maravilhoso!

    Parabéns pelo trabalho! Adorei o que li aqui!

    Abs!
    Carol.

    ResponderExcluir
  37. SERIA FANTÁSTICO SE TODAS AS MÃES FOSSEM MERECEDORAS DESTE POEMA...MAS PROFESSOR NÓS SABEMOS QUE A REALIDADE NÃO É ESSA E CADA VEZ É MENOS ESSA...NÃO PODEMOS ESQUECER QUE ELA É UMA MULHER COMO AS OUTRAS...POR ISSO...DIVINIZÁ-LA PODE SER PERIGOSO...

    DE QUALQUER FORMA ENTENDO O MEL DO SEU POEMA

    BEIJINHOS PLENOS DE LUZ

    ResponderExcluir
  38. Aluisio querido, vim retribuir seu carinho, e já entrei aqui com a minha emoção transbordando, por todos os meus poros.
    Que lindo isso.........
    Mãe, eu sempre digo: É divindade.
    Ainda tenho a minha materialmente ao meu lado, talvez nem imagine um dia o fato de perdê-la, mas sei mais ou menos como é seu sentimento, pois quando perdi a minha vó (Que sempre foi a minha segunda mãe), dediquei a ela todas as estrelas, galáxias do céu, porque sei que ela é uma daquelas estrelas tão lindas.
    Parabéns por esse AMOR que só pessoas com a alma de poeta como voce, conseguem fazer.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  39. Ola amigo...obrigado pelas palavras sempre boas e amigas...
    Acho bacana a forma como explica seu textos, seus poemas.
    Mãe é tudo isso sim e mais alguma coisa que transcende aos nossos poucos entenimentos da alma materna...
    Um abraço na alma...

    ResponderExcluir
  40. Mãe é um ser tão completo, que jamais haverá uma explicação exata, para a sua atuação em nossas vidas. Gostaria de ter tido uma.

    Beijos para ti!!!

    ResponderExcluir
  41. Caro Aluisio,

    O seu poema é pleno. As mães são a materialização do amor.

    Um forte abraço,
    Inês

    ResponderExcluir
  42. Adorei esse poema, muito lindo.Gostei principalmente da frase: MÃE foi a melhor forma que DEUS encontrou, para explicar da maneira mais perfeita o significado pleno da palavra AMOR.
    Mãe é todas essas palavras que vc descreveu: segurança, paz, sabedoria.
    bjossss

    ResponderExcluir
  43. Lindo poema em que você dedica tanto carinho.

    Bjs
    Insana

    ResponderExcluir
  44. Meu lindo amigo mais que texto mais profundo onde os sentimentos não tem freios,não tem nem mesmo as palavras ! Lindo amigo me emocionei deveras. Conto contigo para voltar a me emocionar.

    Meu beijo de cristal e obrigada por está comigo

    ResponderExcluir
  45. talvez sim, não sei mais...paz.
    Amor é sentir no coração, qualquer um pode...mas tem de querer muito, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  46. _________________________________________


    LINDO, TERNO, AMOROSO...Sua mãe deve ter ficado muito feliz com a homenagem!


    Beijos de luz e o meu carinho!!!

    _________________________________________

    ResponderExcluir
  47. Queria agradecer pela sua visita e pelos votos. Espero que a fonte pra fazê-lo seguir em frente traga sempre coisas novas e boas. Abraço! =]

    ResponderExcluir
  48. MUITO LINDO MESMO... QUE PENA QUE A MAIORIA DAS PESSOAS SÓ APRENDEM O SIGNIFICADO DE MÃE E PAI QUANDO SÃO MÃE E PAI, MUITAS VEZES JÁ TEM FEITO MUITAS BESTEIRAS E ATÉ OS TEM FEITO SOFRER MUITO. BEEEEEEEIJOS!!

    ResponderExcluir
  49. Caro e gentil Aluísio, amei seu poema.
    Me emocionei, sabia ?

    Um beijo e obrigada por sua visita sempre bem-vinda ao meu blog.

    ResponderExcluir
  50. Olá Aluísio

    Tal como este poeta... Ele e a estrela; no meu caso o amor... Como definir? Tentar por meio da rede semântica?

    Este poeta encontrou a palavra gatilho: mãe!

    “Para explicar da maneira mais perfeita
    O significado pleno da palavra
    AMOR”.

    Lindo demais amigo!

    Bjuxxx e xerooo

    ResponderExcluir
  51. Amigo,
    Que poema sublime, lindo, que deixou em meus olhos um mar a derramar-se em pequenas gotículas.
    Uma grande homenagem a sua Mãe, a todas as mães.
    Bem-haja, Aluísio, por partilhar este poema com um significado tão belo e particular.
    Deixo-lhe um beijinho e um forte abraço.
    (Grata por visitar-me no meu cantinho e pelas palavras lindas que sempre me deixa. Que Deus o abençoe.)

    ResponderExcluir
  52. ********************************************

    APOIO

    *** TROFÉU THE BEST GB! ***

    Boa noite amigo

    O BRAILLE DA ALMA está concorrendo o Troféu The Best GB 2010 na Gazeta dos Blogueiros. Conto com o seu apoio. Para votar visite o site:

    http://www.gazetadosblogueiros.com/

    A votação vai até o dia 19/05/2010. Vamos somar forças numa só emoção! Ficarei feliz com sua colaboração.

    Desde já fico grata.

    Juliana Carla
    brailledalma.blogspot.com/


    ********************************************

    ResponderExcluir
  53. Começou mais uma votação
    para a Copa Blog, é a semi- final, agora não será por
    voto e sim por comentário, cada comentário valerá um
    voto e podem comentar à vontade.
    Conto com vcs para chegar à final.
    Essa votação vai até o dia 22 agora.
    anamgs.blogspot.com

    Esse é o link da Copa Blog:

    http://dado.pag.zip.net/

    O link está acessível no post atual do meu blog, por lá entra direto, obrigada.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  54. Passando pra desejar uma ótima semana!

    bjos!

    ResponderExcluir
  55. Aluísio querido!

    Seu texto me emocioou até às lágrimas, amigo!

    Muito lindo!Parabéns!

    Sua mãe deve ter sido uma mulher especial, e que preparou este filho para que também fosse um ser iluminado, especial!

    Que bom que conseguiu ver algo de bom até na ida dela, meu amigo!

    Obrigada pelas visitas e recados sempre tão queridos!

    Que Deus te abençôe sempre!

    Uma beijoca,

    Neli

    ResponderExcluir
  56. Ah, vim agradecer sua visita e fiquei aqui marejando com o texto, assim não vale! rsr

    Obrigada, querido, pela visita e por este momento aqui de agora, que sou eu sei!

    Beijos,
    Tania

    ResponderExcluir
  57. Oi Aluísio. Obrigada pela visita ao meu Meme. O bom de vir retribuir sua visita hoje é que, mesmo sem saber, você nos contou algumas coisas que não sabíamos sobre você nesse lindo poema em homenagem a sua mãe. Então ficamos os dois sabendo um pedacinho da alma do outro. Vou contar-lhe um segredo: sabe o que chamam isso? AMIZADE... Um beijo de ouro, Deia.

    ResponderExcluir
  58. Assim como as flores abrem as pétalas para receber o orvalho eu abro meu coração para que as flores da nossa amizade, jamais percam o perfume. Passei rapidinho para te desejar uma linda semaninha e tbm para desculpar-me pela demora em respondê-lo. GRANDE BEIJO

    ResponderExcluir
  59. Absolutamente lindo, fiquei emocionada com o poema. Imagino que a sua mãe tmb tenha ficado. realmente elas são seres de outro mundo, mães, mães... Eu uma certa vez fiz um para a minha tmb, ela ficou toda boba, eu adoro demonstrar a ela o quanto que ela é especial em minha vida.

    Obrigada pelo doce poema sobre o meu texto da receita, mas é verdade mesmo, fazer as coisas para amigos e/ou família é mto gostoso.

    Abraços e uma boa semana para vc.

    ResponderExcluir
  60. Não consigo achar um amor maior do q o amor de mãe...
    Simplesmente não existe...
    É belo!!!
    Bjos meu amigo
    =D

    ResponderExcluir
  61. Só hoje li o seu texto que muito me emocionou!

    Há muito tempo não leio homenagem tão singela e tão tocante!

    Parabéns!

    Sua Mãe deve ter ficado orgulhosa lá no Reino dos Resplendores!

    Um beijo!

    Sonia Regina.

    ResponderExcluir
  62. Boa noite, meu bem!
    Grata por sua preciosa visita!

    "Você é como uma reunião de chocolate
    Tem talento, tem prestígio...
    ... Vale mais que ouro branco,
    Brilha mais que diamante negro,
    E quem tem sua amizade pede bis!!!" (Deffanny)
    Bjkas, muuuuitas!
    Sônia Silvino

    ResponderExcluir
  63. Boa noite Aluísio!

    Muito obrigada por ter votado no BRAILLE DA ALMA. Fico feliz de verdade com esse retorno. É sempre bom envolver sua paixão com todos num só espírito. Faço tudo com imenso carinho para que juntos possamos crescer.

    Bjuxxx e xerooo amigo.

    ResponderExcluir
  64. Meu amigo
    Pela maneira que você escreve, por seus sensíveis comentários em meu Blog , pelo carinho que demontram as pessoas que te conhecem ,dá para perceber a mãe amorosa que vc teve.Parabéns Aluisio!! Seu Blog transborda amor.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  65. Mãe é sem duvida o sinonimo de amor, um amor eterno, pleno e sem dor (:

    Um beijo cheio de alegria *

    ResponderExcluir
  66. Riquezas com essa que acabei de ler... dever ser lidas, relidas, absorvidas pela alma.

    Um beijo com carinho e admiração

    ResponderExcluir
  67. Desde já obrigada pelas palavras simpáticas deixadas no meu canto.
    Adorei o teu poema...saudade já eu sinto da minha mãe, da mulher que foi, apesar de ainda estar perto de mim...
    um abraço
    tulipa

    ResponderExcluir
  68. Linda homenagem!...

    Já dizia Ralph Waldo Emerson...
    Os homens são o que suas mães fizeram deles.

    Beijos

    ResponderExcluir
  69. Aluisio muito obrigada pelo carinho lá no "alma nua", também adorei tudo por aqui, já estou seguindo (: bom restinho de semana pra você!
    beijos =)

    ResponderExcluir
  70. Não tinha visto esse texto... Muito lindo! Gostei demais =)
    É verdade em cada momento de nossas vidas a pessoa tem um significado diferente.
    Beijocas =*

    ResponderExcluir
  71. Aluizio,
    Obrigada pela visita,lindos os teus escritos,virei mais vezes compartilhar de tanta beleza,
    Boas energias,
    Mari

    ResponderExcluir
  72. Li o seu poema com mais afinco é de uma riqueza de detalhes q emocionam.
    Vc é muito bom,exelente no q escreve e provavelmente no q sente.
    Parabénssssssss.
    Um beijo imenso.

    ResponderExcluir
  73. Olá, amigo Aluisio! Estou fazendo uma visitinha, para lhe desejar um ótimo domingo! Um beijo, Deia

    ResponderExcluir
  74. ALUÍSIO: um hino de AMOR e SAUDADE...
    MÃE ... não acaba nunca dentro de nós...É eterna...
    BEIJO DE
    Lusibero

    ResponderExcluir
  75. O q seria de mim sem os sonhos amado.
    Um beijo grannnnnnnnde.

    ResponderExcluir
  76. Todos deviam ter direito a uma Mãe assim!
    Teu poema é tão lindo!
    E teu amor mais lindo ainda!
    Que sorte você teve Amigo!
    Beijo

    ResponderExcluir
  77. Querido amigo, você me fez, mais uma vez, marejar os olhos. Deus deu-lhe o dom da palavra e o dom de ver com os olhos do coração!
    Partilhei seu poema com pessoas, mães, muito queridas.
    Bjs, Sâmia Araújo

    ResponderExcluir