sábado, 31 de julho de 2010

LIBERDADE
Texto de Aluisio Cavalcante Jr.


Quando minha alma voa livre,

Há sempre uma música para acompanhá-la.

Ao som dos seus acordes,

Viajo aos mais distantes lugares

E aos mais diferentes caminhos,

Onde a liberdade se faz plena

E voa com asas de esperança.

Nestas viagens não existe o tempo,

Não existe o passado,

Não existe o futuro.

Existe somente o presente

Com os seus mais intensos sabores.

Existe somente a vida,

Com as suas mais belas cores

E os seus mais verdadeiros sentidos.






_________________________________________________






A HISTÓRIA DO TEXTO






OXFORD SUÍTE é uma música que amo.

Nas ruas de várias cidades da Europa,

seu autor
ED ALLEYNE JOHNSON

espalha seus acordes para o mundo,

tocando- a no meio das ruas,

ao som de seu violino elétrico.

Às vezes fico a imaginar a minha alma assim.

Espalhando os meus sonhos nas praças, ruas e avenidas.

Sonhos de um mundo mais humano.

Sonhos de um viver mais pleno.



E você, qual música lhe torna mais livre?









36 comentários:

  1. Maravilhoso, como sempre, teu texto!Estou quase entrando no avião de volta!Nos veremos seguido por aqui!abração,chica

    ResponderExcluir
  2. Aluísio, mestre-poeta,amado!
    BOMMMM DIA!!! Voar com nossa alma a todos os lugares é DIVINO... Pergunta difícil essa sua, até pq não careço de música prá bater asas e ao mesmo tempo são tantas que amo de viverrrr...Vou então de duas pode? Uma bem antiga quando comecei a aprender essa arte de "voar": He ain't heavy, he is my brother (The Hollies) e a outra mais recente: Lullaby (Debbie Friedman)! Um final de semana ILUMINADO procê.
    Beijuuss n.c.

    www.toforatodentro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Lindo poema! E a canção escolhida é muito bonita, nos enleva.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  4. Aluísio,
    Sua alma já transborda sonhos de um mundo mais humano em sua essência através de simples e belas palavras. A espontaneidade de seus versos nos ilumina os corações.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. "Green Sleeves" - com esta me embalo.

    ResponderExcluir
  6. VAria...Adoro música. No trânsito é meu alívio. Nas horas sempre recortam segundos!!!

    ResponderExcluir
  7. Que lindo amigo!!
    A música o post em si...
    Perfeitos!

    Tenho muitas músicas que gosto... Outras que marcaram...
    As músicas em si, me fazem sentir livre... Quando me identifico com elas...
    São alívio para a alma...

    Um final de semana de muitas alegrias...

    Bjos mil...

    ResponderExcluir
  8. Olá amigo,

    É um prazer visitar seu blog e encontrar sempre tão belos poemas e histórias. Gosto muito de violino, mas as músicas que mais me elevam são as que possuem sax ou gaita.

    Grande abraço,

    Fernando C. Salgado.

    ResponderExcluir
  9. Aluísio que texto mais lindo escrito com a alma.

    A música que me torna mais livre é a dos acordes de Yanni.

    Os seus sonhos estão em acordes sendo espalhados, podes ter certeza.

    Beijos amigo.

    ResponderExcluir
  10. Precisamos destas viagens para nos abastecer a alma

    Beijos, bom final de semana

    ResponderExcluir
  11. Passando rapidinho só pra avisar que estou de volta.

    Senti tantas saudades desse mundo fascinante da blogsfera, dos amigos, é muito bom estar de volta.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  12. Encantador o seu post!!!
    Também eu, gostaria de deixar minh'alma correr o mundo, a distribuir mais amor, bondade e felicidade mundo à dentro.

    Beijos domingueiros!!!

    ResponderExcluir
  13. Quando tua alma voa livre, há sempre música para acompanhá-la. E a gente ouve...
    Sempre especial ler você, Aluisio!
    Grande abraço e meu carinho...

    ResponderExcluir
  14. Ai são tantas! Mas a música que me torna mais livre, que me faz voar, é aquela que ouço logo de manhã, assim cedinho, antes de ter vontade de levantar: a voz de quem amo dizendo "bonjour!"

    hihihihihhi

    beijokas


    http://meninabezerra.blogspot.com/2010/02/minha-primeira-paixao.html

    ResponderExcluir
  15. Querido amigo; desculpe a demora em vir conhecer seu espaço e agradecer sua visita. Volte sim? Adorei tudo por aqui. Estive fora do ar por uns dias, por pura falta de tempo de escrever. O que me deixa muito triste. Mas faz parte.
    Engraçado que a musica tem esse poder mesmo. Existem muitas que me fazem viajar. Depende do meu momento. Ela não só leva a viagens, como também me inspira.
    Boa semana! Beijos

    ResponderExcluir
  16. Meu sonho descobrir essas coisas legais que tu acha, sério. Sexta-feira, assisti ao "Uma noite em 67", que fala do festival de tal ano. É uma coisa impressionante, a qualidade que tínhamos - e era evidente - e o quando decaímos. Com 23 anos, Chico tava lá com sua "Roda viva" - de longe, a minha música preferida -, Caetano com "Alegria, alegria", Gil com "Domingo no parque"... Fiquei pensando na diferença, já que o que vemos hoje popularizado é controlado pela indústria, e só se reproduz a mesmice.

    ResponderExcluir
  17. Olá Aluísio!Uma música que me torna mais livre?Não lembro de uma específica agora,mas se uma música me transporta pra outro mundo,me faz viajar sem sair do lugar,enfim me emociona,é essa que me faz mais livre!

    ResponderExcluir
  18. Sim existe somente a vida, paz.
    Beijo Lisette

    ResponderExcluir
  19. cim pelo blog da querida amiga Graça do madreperolas,nao consegui comentar la,por favor passe meu recadoa ela,nao tenho conta no google,e la nao tem nome e url,fiquei perdida e amo aquela amiga ,peço por favor fala a ela pra colocar um comentario igual ao seu,muito brigaduuuuuuuu,mas foi bom que conheci mais um espaço lindo ,adorei o poema e musica,parabens,me desculpe a invasao ,deixo meu carinho e uma linda semana iluminada,brigaduuuu,bjus

    ResponderExcluir
  20. lindo o poema.
    O passado não volta, o futuro a Deus pertence, e como a vida é uma só, temos de valorizar mt o presente.
    Viver intensamente.

    ResponderExcluir
  21. O caráter e a inteligência podem impressionar as pessoas, mas é o amor que damos a alguém que nos faz brilhantes e inesquecíveis
    Boa semana
    Bjs

    ResponderExcluir
  22. Cada um tem a musica que fala a alma..

    bjs
    Insana

    ResponderExcluir
  23. "Quando minha alma voa livre,Há sempre uma música para acompanhá-la"
    Amigo... a música é mesmo a forma mais simbólica para traduzir a alma... Melodias que nos acalentam... Letras que nos revelam...
    Lindo poema!

    ResponderExcluir
  24. Lindissimo, música realmente nos inspira e até nos ajuda a passar por momento dificeis, bjs

    ResponderExcluir
  25. Primavera, de Vivaldi!!!!
    DEcididamente é a música que acompanha minh"alma em seus vôs de liberdade...

    Que belo post!

    beijos meus!

    ResponderExcluir
  26. A própria Liberdade tem o som de sua música.
    Gostei muito do texto.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  27. Senti asas com teu texto.
    Lindo!
    Bjo carinhoso
    =D

    ResponderExcluir
  28. Querido amigo Aluisio,

    Entendo você. De fato há músicas que nos dão asas. Há, portanto, várias músicas que fazem com que eu me sinta tal qual você se sente ao ouvir OXFORD SUÍTE. Depende muito do meu estado emocional.

    Beijos,
    Inês

    ResponderExcluir
  29. "Quando minha alma voa livre,
    Há sempre uma música para acompanhá-la". Lindos versos!

    Uma das que me faz voar é "Alma Nova" do Zeca Baleiro... E vôo muito alto também sempre que leio Clarice Lispector!

    E não há outra maneira de se viver, senão a do momento presente... É a plenitude que nos dá asas!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  30. Eu careço de emoções... As poesias sempre me emocionam. São escritos raros, feito com amor.

    Beijos de boa noite.

    ResponderExcluir
  31. Que delícia de texto e que encanto de verso'Quando minha alma va livre..."

    Lindo dia de quinta.
    Que seja um belo dia pra ser vivido
    mas tambem lembrado.
    Bjins entre sonhos e delírios
    Reflexão
    é o ato de parar para
    pensar em todo e qualquer tempo
    independente de
    cicunstâncias.
    Catiaho Alcantara

    ResponderExcluir
  32. Amigo ,

    Adoro passar aqui para deliciar-me com tua escrita.Eu te diria que depende de meu estado de espirito, voar ou atolar-me ao som da musica.
    Ela ,na verdade, transmite aquilo que sentimos no mais frofundo de nosso sentimento.Atualmente, estou livre, com asas soltas para voar em qualquer espaço e a qualquer tempo. Pra ti, beijo grande e escelente fina de semana.

    ResponderExcluir
  33. Oi meu querido Poeta. Bom demais estar de volta, meu coração em festa vem agradecer o rastro colorido que vc deixou no meu Solidão enquanto estive ausente viu? E quanto a música que me faz sentir livre com vontade até de voar é Sultan of Swing - Dire Straits, a guitarra dele nesta música é de enlouquecer!! Bjo grande.

    ResponderExcluir
  34. Belíssimo o poema, e a história do mesmo. Confesso que gosto bastante de música clássica.

    A música que me deixa livre, geralmente são as do estilo CELTA, elas me fazem querer voar, mas voar para um lugar que ainda me é desconhecido.

    ResponderExcluir
  35. Nada como o sabor da liberdade!

    bjos!


    aislinnahimana.blogger.com.br

    ResponderExcluir
  36. Mãe é o agasalho dos filhos, que aconchega e acalanta.
    Pai companheiro amigo, oportuno das horas, que se mostra a exemplos.
    Os que aqui ainda estão nestas vidas abraçados ao seus filhos, presente ainda no sorriso, o desejo da paz, da saúde e da alegria sempre viva.
    Aos que se forão, o lembrete aos filhos que a festa nunca termina, recolhem-se para o andar de cima e se mostram eternecidos e felizes, pelos bens que hoje comemoram de ve-los realizados e contentes, agradecidos a Deus por não ter sido em vão, a jornada abençoada pelas glórias alcançadas.
    Enquanto outros por aí choram, pela perdas do seus filhos, outros mais ainda talvez por arrependimentos, de outrora não ter reconhecido a paternidade. Não importa, de um jeito ou d'outro de alguma forma assim tiveram suas oportunidades presenteadas por Deus.
    Hoje, tbém me sinto como pai. Não dito as regras, porque elas foram deixadas, apenas rememoro-as nos exemplos deixados. na cabeça um turbilhão de preocupações para que tudo possa sair bem, filhos seguros, confortos doados, conselhos apregoados e razões por Deus abençoadas.
    Seguindo os dias nessa roda viva, ontem hoje, hoje o amanhã.
    É preciso ter força, ter raça, ter coragem e jamais desanimar.
    parabéns pra você Aluisio, como filho, como pai e Deus continue abençoando a tua travessia.

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir