sexta-feira, 12 de agosto de 2011


SAUDADES DE TI, MEU PAI...
Texto de Aluísio Cavalcante Jr.


Diante de mim, sentado em silêncio,
Contemplo os pedaços do meu coração
Espalhados ao redor de mim,
E as lembranças tuas espalhadas por toda a parte,
Mergulhadas nas minhas lágrimas.



Também contemplo as muitas vidas,
Que nestes dias de tristeza
Aproximam-se de mim,
Misturando suas lágrimas as minhas,
Sofrendo ao meu lado por uma dor que é tão particular.



Mesmo em silêncio, leio em seus olhares
Palavras de esperanças,
E pacientemente as observo recolherem cuidadosamente,
As muitas lembranças dos dias de alegria
Que vivi em tua companhia,
E as muitas partes do meu coração,
Que envolvem cada uma destas lembranças.



Sei que ao final destes dias tudo ficará bem.
Mas sei também que uma parte de mim jamais será encontrada,
E ficará para sempre vazia da tua presença,
Amado pai...



Nesta parte estarão as saudades
De tudo que vivi ao lado de tua vida.
Saudades do teu sorriso...
Saudades da tua benção à noite...
Saudades de brincar contigo quando teu time perdia...
Saudades de  ver-te brincar com os meus filhos...
Saudades da tua espera por mim a cada manhã...
Saudades...
Saudades... 
Saudades...



Faltam-me palavras neste instante.
Fecho os olhos para sentir tua presença neste momento.
Sinto tanta falta de ti, meu velho...
Meu querido velho...
Meu velho...
Meu pai...
Pai...














A HISTÓRIA DO TEXTO







Este texto nasceu em 2010.
Tempos de dor e de alegria.
Dor pela perda de meu pai e pelo vazio deixado.
Alegria pelo amor de uma legião de amigos e amigas,
que traziam até mim,
suas lágrimas, sorrisos, mensagens e esperanças...



Primeiro dia dos Pais sem ti, meu velho...
Mas o que eu queria mesmo era sentar no teu colo
e ouvir a maravilhosa música de tua voz...









94 comentários:

  1. Lindo e emocionante!abraços, parabéns aos papais!chica

    ResponderExcluir
  2. Meu querido, quanta emoção me trouxeste agora.
    Meu pai já está em outra dimensão e a saudade física é muito forte, mas a certeza de que seu espírito está na luz me conforta.
    Sinta-se fraternalmente abraçdo.
    Belíssima homenagem...
    Meus olhos marejados de lágrimas molham um sorriso pela lembrança maravilhosa que nos deixam as pessoas que amamos.
    Saudações Poéricas!!!

    ResponderExcluir
  3. Querido Aluísio

    A saudade dói, mas sentimos saudade de quem foi importante para nós, é difícil segurar as lágrimas, aperta o peito, a garganta fecha...

    Nessas horas, o único remédio é lembrar de todos os momentos bons e alegres... Aí então, você abrirá um sorriso e tudo ficará bem...

    Um grande beijo!

    Chris

    ResponderExcluir
  4. Fica um enorme vazio, sim. Se fica!
    Abraço no coração.

    ResponderExcluir
  5. Eh poeta querido...imagino o tamanho de sua dor...
    Um beijinho em seu coração que eu tanto admiro...

    *-*

    ResponderExcluir
  6. Aluísio,
    Não detenho palavras que definam na integra o sentimento que assolou o lado esquerdo do meu peito na leitura das suas palavras.

    Ana

    ResponderExcluir
  7. Olá menino
    Eu também sinto muita falta de meu pai, mas sua presença jamais saiu de nossas vidas. Bela homenagem.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  8. Oi Aluisio,
    sinto muito pelos momentos de
    dor que tens passado, mas saiba,
    acredito que essa separação é
    momentânea e um dia nos encontra-
    remos com nossos laços eternos.
    abraço

    ResponderExcluir
  9. Essas saudades são semelhantes às minhas, Aluísio... Você tem razão quando diz que "as palavras que fazem o coração sorrir são preciosas"...
    E eu complemento: as que o emocionam, também!...

    Belo, triste, belo!

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  10. Querido...
    Que texto lindo e profundamente intenso.
    Sei que aí há uma história muito importante.
    Teu pai com certeza sentiu-se acarinhado onde quer que esteja.

    Beijinho.
    Fernanda

    ResponderExcluir
  11. Sei Aluísio, sei bem dessa saudade que sentes... O 1º dia dos pais, sem a presença física dele, é estranho... como se faltasse um pedaço da história. Mas você tem história para contar, para se lembrar e sentir dessa saudade...e quem não tem? Constrói através das que lhe foram contadas, dando mais que asas à imaginação!
    Fique bem, amado, e não se esqueça que com ele você É!
    Beijuuss n.a.

    ResponderExcluir
  12. Meu amigo, parabéns por tão singelo texto, e aproveito para parabenizá-lo pelo dias dos pais.
    Bom ter o pai por perto e aproveitar essa data para estar em comunhão com eles.
    Deixo um fraterno abraço, e obrigado sempre pela tua ilustre visita.

    ResponderExcluir
  13. Meu querido amigo

    Um texto lindo e terno.
    A saudade de quem perdemos nos vai acompanhar sempre...uma recordação que com o tempo se torna doce.

    Deixo um beijinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  14. O importante é o que ficou no teu coraçáo, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  15. LINDO, LINDO, LINDO E EMOCIONANTE. O bom é termos boas coisas para lembrarmos e nos inspirarmos.

    ResponderExcluir
  16. Que momentos e que lembranças!
    O pai na sua espera e no nosso encontro
    Tantos dias que acordámos ao vê-lo à nossa espera.

    Bons momentos que nos retornam ao tempo do seu abraço e dos seus sorrisos............

    ResponderExcluir
  17. moço...

    me comovi com suas palavras e com o sentimento provocado por elas... é como você me disse, certas datas a gente não tem como não comemorar e às vezes comemoramos assim, cheios de saudades, com um choro engasgado na garganta e isso tudo misturado com as alegrias e boas lembranças de um tempo que não volta mais, mas ainda assim vale a pena lembrar...

    feliz dia dos pais pra ti!

    um beijo com carinho.

    Su.

    ResponderExcluir
  18. Olá meu caro Aluisio Cavalcante Jr, uma bela e sensível homenagem, lembrança e carinho, parabéns. Agradeço a gentil visita e comentário.

    forte abraço

    C@urosa

    ResponderExcluir
  19. Belíssimo poema!
    Obrigada pela visita.

    Já estou por aqui.

    Abçs

    ResponderExcluir
  20. obrigado pelo comentário e pela visita, parabens pelo seu poema. Um bom final de semana, um abraço.

    ResponderExcluir
  21. Muitas Vezes Deus Tira Alguem Que
    Amamos Tanto.
    Mais Esse Mesmo Deus Traz Alguem
    Que Aprendemos Amar..
    Por Isso NÃo Devemos Chorar
    Pelo Que Nos Foi Tirado
    E Sim ..Aprender A Amar O
    QUE Nos Foi Dado ..
    Nada Que È Nosso Vai Embora Para Sempre.
    A Você Com Muito carinho um
    feliz Domingo (DIA DOS PAIS)
    Beijos No Coração.
    Evanir

    ResponderExcluir
  22. Também não tenho mais meu pai aqui comigo...Ficam as saudades de tudo que foi bom.Me encontrei em seus versos.

    ResponderExcluir
  23. Que sentido o seu seu texto, Aluísio.

    Engraçado, em mim esta saudade vem misturada a uma felicidade por te-lo tido, as vezes sorrio me lembrando como ele ficava engraçado quando nervoso rsrs e sempre, sempre o afeto dele em minha memória.

    Parabéns pelo seu dia, que ele seja feliz!

    ResponderExcluir
  24. Que texto forte professor... Emocionante!

    ResponderExcluir
  25. Olá Aluísio!

    Finalmente, vim lhe visitar.

    Já é o segundo cantinho que visito onde autores falam saudosos de seus pais.

    No seu caso, apesar de ter escrito o poema em 2010, acredito que ainda estejam frescas cada sílaba.

    Sem mais... Fiquei sem chão...

    Amigo, sinta o conforto do meu abraço.

    ResponderExcluir
  26. Lindíssima homenagem ao teu pai.
    Com certeza amigo ele está do teu lado, te guiando e torcendo por ti.

    Passando pra desejar-te um belo domingo dos pais...
    Felicidades mil.

    Ótima semana.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  27. Os sentidos são instrumentos
    de sintonia em Jesus
    se as notas forem cantigas,
    nosso semblante é de luz...


    Um brinde a todos os pais do mundo estejam eles na terra ou num espaço sagrado,
    a eles, a eterna gratidão, por serem assim tão amados...



    Lindo poema meu amigo
    Parabéns pelo teu dia e mta paz

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  28. Emocionante em cada verso transborda tua sensibilidade.

    Um beijo

    ResponderExcluir
  29. aproxima de mim esse cálice, pai, e cantemos o não cale-se de inventarmos como pais de todos os órfãos, em nossa orfandade comum, de comum destino de viver...
    saudações
    l

    ResponderExcluir
  30. Oi, Aluísio. Que bela homenagem. Eu Também não tenho mais o meu e sei como é difícil nesta data falarmos deles.Estou muito emocionada não tive coragem de postar nada a respeito, quando comecei fazê-lo minhas lágrimas verteram e senti uma dor, uma saudade...só fiz uma oração.Meu pai é a minha referência, era o meu porto seguro.
    Abraços, tenha uma linda semana.

    ResponderExcluir
  31. Meu querido amigo,

    Me deixou sem palavras...
    Sinto saudades da minha mãe e sei o que é o vulto desta ausência.

    Um forte abraço,

    Anna Amorim

    ResponderExcluir
  32. Toda saudade doi até o tempo que a recordação mais inflama no coração.

    Beijos meu lindo sigamos vivendo

    ResponderExcluir
  33. Lindo como poucos, seus versos ao seu amado pais; meu amigo, já faz 40 anos que o meu se foi e até hoje o tenho na memória, em meus sonhos a noite, como se tivesse ainda entre nós; acho que pai é pra sempre!
    Um grande abraço e obrigada por seus versos em seu comentário lá em casa!
    Sua sempre amiga
    Gena

    ResponderExcluir
  34. Aluisio, é uma dor que não tem tamanho, tem 11 anos que meu pai partiu e até hj esse dia é doloroso para mim, mas como vc mesmo postou no meu blog, o que importa são as boas lembranças que ficaram. Elas fazem toda a diferença. Um poema que me emocionou muito. Boa Semana para vc e obrigada pela visita.. abraços

    ResponderExcluir
  35. Que sublime e emocionada homenagem sua ao seu querido pai, meu bom amigo.. pelo menos sabemos que o amor que os une é eterno...
    Beijos e boa semana...
    Valéria

    ResponderExcluir
  36. Também me faltam palavras neste instante...
    Como te compreendo.

    Bjos

    ResponderExcluir
  37. Olá,Aluísio!!

    Linda e emocionante poesia!!!
    **bela imagem!!
    Beijos pra ti!!!

    ResponderExcluir
  38. Assim é, meu amigo: embora nas boas lembranças encontremos um pouco de consolo, a saudade continua a nos machucar. Bem te entendo! Meu abraço, boa semana.

    ResponderExcluir
  39. Oi Amigo, seu texto me tocou muito profundo.A saudade sempre é assim aparece pra nos machucar. Eu entendo o que é isso.Desejo uma ótima semana cheia de muitas coisas realizadas.
    Beijos !
    Smareis

    ResponderExcluir
  40. é para emocionar e apertar o coração.
    lindo, lindo, lindo.

    ResponderExcluir
  41. O primeiro dia dos pais sem tê-lo é realmente saudoso, doído. Mas a sua homenagem superou a saudade, com certeza. A festa foi no ceu.
    Parabéns ao teu dia dos pais.

    Abraco!

    ResponderExcluir
  42. Lindas palavras, Aluisio, pela lembrança de alguém importante na nossa vida, e que não está mais presente.
    Também eu perdi o meu pai há alguns anos. E muitas vezes, a falta que ele faz falta na nossa vida é realmente insuportável.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  43. Vim agradecer a sua visita e comentário ao meu blog e dizer que gosto do seu e ja estou seguindo! Grande abraço! Que Deus abençoe o seu cração!

    ResponderExcluir
  44. Oi, Aluisio
    Assim como você, morro de saudades de meu pai que já se foi há 16 anos mas parece que foi ontem. Chorei muito ao ler o seu poema, pq saudade é minha marca registrada. Muito linda essa homenagem que vc lhe prestou... Com certeza. ele está lá naquele cantinho gostoso do céu curtindo esse poema maravilhoso. Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  45. Me deu um aperto no peito lê-lo...
    Saudades!!! Sentimento que nos consome...
    Obrigada pelo carinho querido, um beijo...

    ResponderExcluir
  46. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  47. Grande Aluísio,
    Parabéns pela Sensibilidade. Vc consegue, de maneira simples, passar emoção nas suas palavras e fazer com quê sintamos o que vc sentia no momento em que escreveu.
    Grande Abraço.

    ResponderExcluir
  48. Amigo Aluízio, emocionante tuas palavras. A saudade a dor têm uma natureza de encantamento e admiração. A perda deixa marcas, mas muitos sentimentos bons.
    abaraços

    ResponderExcluir
  49. Ser pai e mãe é compartilhar da centelha divina da criação e SER FILHO E FILHA é saborear da magia desse fenômeno único de amor pleno.
    OBRIGADA, meu amigo por continuar nos lembrando o verdadeiro sentido da vida!

    ResponderExcluir
  50. Seu blog é muito interessante...
    Estou te seguindo.... Tenha um Lindo Dia!
    Siga meus Blogs: http://cartasdeumcoracao.blogspot.com/
    E http://deusemminhaalma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  51. oi Aluisio,

    linda homenagem,
    lindo poema,
    onde a sua alma se expõe em lindas
    e emocionantes palavras...

    beijinhos

    ResponderExcluir
  52. que lindo poema
    lamento sua perda
    e parabenizo
    por que tens amigos
    e isso
    é motivo de muita alegria
    amei a sua visita sinta-se a vontade
    volte sempre
    linda noite
    participando......

    ResponderExcluir
  53. Muita emoção em seu post!!!

    Nossos pais permanecem em nós por mais que o tempo passe!

    Emocionei-me de verdade!!

    "Diante de mim, sentado em silêncio,
    Contemplo os pedaços do meu coração"

    Belo,muito belo!

    Um abraço caloroso!

    Sonia Regina

    ResponderExcluir
  54. Querido amigo,

    Desta saudade sofro também...Lindo texto tonalizado por seus mais belos, profundos e sinceros sentimentos.

    Beijos com carinho e grande abraço Professor.

    ResponderExcluir
  55. Olá Aluísio. Essa homenagem me deixou muito emocionada. Estou de volta depois de um período de férias, por isso demorei em responder-lhe. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  56. Se vc sente saudade é porque ele lhe foi muito especial.Que bom! Não posso sentir o mesmo do meu.Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  57. Querido amigo,
    passando para deixar um beijo!
    E encontro este poema de amor imenso. Sinto sintonia com suas palavras pois também aqui no meu coração mora uma saudade. Uma presença que se foi há muitos, muitos anos. E nunca se esquece. As doces sensações de carícias em meus cabelos, a suave presença dele... hoje , penso estar em outros planos, não o sei. Só sinto que ele está sempre em mim. Pois me deixou a herança do seu doce amor, da bondade, do colo amigo.
    Somos felizes quando é doce este lembrar-se. Laços eternos.
    Lindo poema, amigo. Certeza sabemos da presença amorosa em sua vida. Seguindo ele o fluxo, mas unidos pelo sentimento - amor num abraço infinito!
    Beijos no teu coração!

    ResponderExcluir
  58. meu querido amigo,meus olhos tb estao marejados de lagrimas,faço minha suas lembranças e palavras,sinto tanto a falata de meu querido pai,e ja fazem 26 anos,e todos os dias dos pais,sinto a mesma saudade doída e as lagrimas rolam sem sentir ,brigaduuuuuuuuuuuuu pela linda homenagem a seu paizinho , li pensando no meu paizinho tb,e foi um conforto,pq ja nao tenho palavras para descrever essa dor que nem o tempo passa,querido amigo,um forte abraço,mil bjinhos,Deus ilumine sempre sua vida,e brigaduuuuuuuuuu por estar sempre no meu cantinho é uma honra,bjusss
    Ofereço aquela chuva de rosas a seu querido pai e ao meu tb,brigaduuuuuuuuuu

    http://paginasviradas.zip.net/images/rosinha3.gif

    ResponderExcluir
  59. "Faltam-me palavras neste instante."

    Um beijo imenso para ti.

    ResponderExcluir
  60. Querido amigo,

    Só quem é filho e, infelizmente, vivenciou a amarga dor da perda de um pai, sabe o quão tocantes e verdadeiras são as suas belas e sensíveis palavras.

    Um grande e afetuoso beijo,

    Inês

    ResponderExcluir
  61. Meu abraço, amigo; aguardo o novo post. Boa semana!

    ResponderExcluir
  62. Oi grande amigo, vim deixar um beijo e te desejar uma grande semana. Abraço !

    Smareis

    ResponderExcluir
  63. O poema chegóu no momento xusto, cando eu também estou ao borde desa separación inevitable....
    Grazas, Aluisio, por poñer o texto a un sentimento compartido.
    leriasdebea.blogspot.com

    ResponderExcluir
  64. Comovente a sua poesia para seu amado pai que se foi, Aluísio... Se apegue as boas lembranças que tem dele, essas não morrem nunca.

    Beijo e uma ótima noite.

    ResponderExcluir
  65. Sublime homenagem que emocionou...
    A minha fé é de que Deus está cuidando com muito carinho dos nossos pais no jardim celeste...

    Amigo querido,
    Tua amizade sincera e pura
    Ilumina meu céu...
    Acorda a aurora, faz minha vida raiar
    Leva embora a tempestade
    E meu Sol volta a brilhar!

    Carinhos mil pra ti, viu?
    Beijos
    Suelzy

    ResponderExcluir
  66. Meu distinto amigo.
    Muitos tem em seu pai um herói, um amigo, um anjo.
    Bendito são aqueles que tem na figura do pai, todas essas bem-aventuranças.
    Um fraterno abraço deste leitor e amigo.
    Minha estimna.

    ResponderExcluir
  67. Olá!
    Junta os pedaços do teu coração, e sente a presença do teu pai nesse ato. Então, se precisar, chora o choro da saudade, e te fortalece com as lembranças que te fizeram ser o que és.
    E usando as palavras que deixaste em meu blog, sente a vida com o coração, mesmo que "remendado".
    Abraço.

    ResponderExcluir
  68. Quantas vezes estamos tristes, desmotivados, meio perdidos ou até estamos passando por algum período de muito sofrimento. Coisas assim acontecem com todos, mas tenho algo a dizer para você. Não desista.Peça ajuda a Deus para que lhe guie e de sabedoria, porque Ele pode te ajudar quando você estiver triste e desmotivado. Peça a Ele para te dar mais força para você agüentar esse período difícil e para que não desista. Vamos, sei que você consegue. Fale com Ele.Estou em mudança em busca de meus sonhos vou ficar um tempo afastada mas volto logo. Deus abençõe vc bj no coração!

    ResponderExcluir
  69. É meu querido irmão saudade é um sentimento sem fim. É impossível não se emocionar e as lagrimas caem naturalmente. Lindo seu poema as palavras são perfeitas e tocam fundo o coração.
    Sua irmã Tainanna Cavalcante. Te amo!

    ResponderExcluir
  70. Só hoje li sua mensagem, na realidade eu estava fugindo desse momento... Esse nosso 1o dia dos Pais sem o nosso Pai foi o mais difícil não somente pra mim, mas para todos nós., tenho certeza que a dor da saudade estava presente nos nossos mais íntimos pensamentos, nos nossos corações, em cada rotina do nosso dia.
    Nosso Pai foi um exemplo de homem, de luta, de coragem, de fé, de esperança, de luta pela vida., até hoje, não conheci ninguém que passasse tanta força, tanto otimismo diante de tanto sofrimento como nosso Pai nos passou.,
    Foi através dele que descobrimos o sentido real da vida, de como devemos aproveitar cada momento, reclamar menos dos fatos, dos acontecimentos... passar a amar mais os momentos, até mesmo nas dificuldades.,
    Pai sabe e sente o nosso amor, as nossas orações, as nossas saudades, o nosso carinho... Onde ele estiver ele estará recebendo nossas vibrações...
    Linda mensagem, SEM VOCÊ EU 'TAMBÉM' NÃO SERIA!!!
    Obrigada!!!
    Bjs, Te amo!!!
    Sua irmã... Jana

    ResponderExcluir
  71. Oi Aluísio!
    Perdi o meu pai pertinho do natal de 2007. Que dor... esse poema me fez lembrar tantas coisas.
    Que lindo... que emocionante.
    Parabéns!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  72. Olá prezado Aluísio, que tudo permaneça bem contigo!

    Belíssimo texto, homenagem e lembrança. Como sempre encontro por cá, belos textos e lindas imagens.

    Pois é meu caro, algumas de nossas tristes lembranças tentamos esquecer, já outras jamais fazemos qualquer esforço pra que isso aconteça, pois, apesar de doridas estas lembranças fazem parte de nosso viver, é parte importante de nossa história enquanto por aqui estamos, e que passado algum tempo se torna uma suave recordação de momentos bons vividos!
    Lamento por esta tua perda, devemos seguir! Grato por tuas sempre gentis visitas eu por cá venho sempre desejando a você e todos ao redor um intenso e feliz viver, abraços e até mais!

    ResponderExcluir
  73. Oi Aluisio
    Bonita homenagem, emotiva e veedadeira.
    Nada como o carinho do pai quando presente nas nossas vidas.
    Solidarizo com voce no mesmo sentimento de perda.
    Também o meu já partiu.
    deixo um grande abraço com o parabéns pelo dom bonito de expressar.

    ResponderExcluir
  74. Meu Bom Menino Aluisio,Poeta e Escriba sem Fim:

    Recentemente postei acerca de pai meu,reeditano texto esse seu,li e me emocionei,bom, entre amigos em unidade,sorver escitos,em unidade sentindo!

    te abraço,querido amigo
    viva la vie
    El Rick

    ResponderExcluir
  75. Sou apaixonada por poesia, eu fiz uma sobre o apocalipse vou postar no meu blog. Mas tenho medo que copiem e no dia da minha apresentação a professora pense que eu copiei da internet.
    Parabéns pelo belo blog!
    e volte sempre no meu, será bem vindo :)

    ResponderExcluir
  76. Olá, obrigada por suas palavras amáveis. Que seja então até breve. Mas sempre virei visitá-lo e me encantar. Para postar preciso estar inspirada, para não passar coisas boas, prefiro me silenciar. Um grande abraço. Obrigada.

    ResponderExcluir
  77. Aluísio, deve ser uma experiência muito triste passar pelo primeiro dia dos Pais sem o nosso. Nunca passei por uma experiência assim, mas posso tentar imaginar... Sentir saudades de alguém que vamos ver depois já é ruim, imagina esta perda...!

    Também queria agradecer a sua visita no meu blog. Obrigada. Bj

    ResponderExcluir
  78. Vim visitar e deixar um beijo.
    Achocolatado rs...

    ResponderExcluir
  79. Meu querido amigo, passei pra te desejar um ótimo fim de semana cheio de coisas maravilhosa. Obrigada pelo carinho! Beijo grande!

    Smareis

    ResponderExcluir
  80. CHEGUEI AQUI PELA FLAVIA DO COMPARTILHANDO IDÉIAS,
    E JÁ VI ,QUE COMPARTILHA A MESMA DOR QUE EU ..A SUA MAIS RECENTE A MINHA MAIS ANTIGA POR QUE A DOR DA FALTA, PERMANECE EM MIM POR LONGOS 15 ANOS..E PARA AUMENTAR MAIS AINDA A DOR ,ELE SE FOI VESPERAS DOS DIAS DOS PAIS..A SAUDADE É ETERNA, A FALTA FÍSICA MUITO GRANDE ..NUNCA MAIS FUI A MESMA, DEPOIS QUE MEU VELHO MEU QUERIDO AMIGO SE FOI..UM PAIZÃO, COMO DEVE TER SIDO O SEU ..SINTO PELOS MEUS FILHOS NÃO PODEREM TER A COMPANHIA DE TÃO SABIO E AMOROSO SER HUMANO SINTO POR MIM POR NÃO TER TIDO CHANCE DE DIZER E FAZER MAIS .
    HOJE SINTO PELOS QUE COMEÇAM A CAMINHADA DA DOR DA SAUDADE E DA PERDA..SO TENHO UM CONSOLO SEI QUE NÃO MORRERAM ..SEI QUE ESTÃO VIVOS MESMO QUE SEJA NOS NOSSOS CORAÇÕES ELES ESTÃO MAIS VIVOS QUE NUNCA...
    A SAUDADE TENHO UMA COISA A TE DIZER ..ELA NÃO VAI NÃO .MAS VOCE SE ACOSTUMA COM ELA...
    FIQUE BEM
    OTILIA LINS

    ResponderExcluir
  81. Otília! Que bom que você veio aqui ler esse post. Li e na hora me lembrei de você, o quanto você também fala do seu pai com tanto amor.
    Um beijo querida.

    ResponderExcluir
  82. Bom dia Aluísio,
    Sou a mãe do Bruno-doc.Fico feliz com as palavras incentivadoras que vc envia ao meu filho.Ele é um menino de apenas 13 anos e já tem tantos sonhos.Seu maior prazer é passar seu tempo atrás de um livro e isso me deixa bastante orgulhosa.Um gde abraço!!!

    ResponderExcluir
  83. Passei para reler e desjo um bom início de smena!

    Um beijo

    ResponderExcluir
  84. Boa semana, amigo! meu abraço, aguardo o novo post. :)

    ResponderExcluir
  85. Ei! Aluísio...

    Saudades de você, tempos não visitava este lugar, estou ausente da blogosfera, um pouco envol(vida), é isso mesmo envolvida com a vida.

    Sua cordial visita muito bem me faz.Obrigada!

    Receba o meu carinhoso abraço!

    IT do Som do Coaração

    ResponderExcluir
  86. Muito linda sua poesia.
    A vida tem dores para todos nós e alegrias também como bem soube ressaltar.
    Um grande anraço

    ResponderExcluir
  87. Muito obrigada por sua visita e pelos versos também!Boa semana!

    ResponderExcluir
  88. Aluisio eu estou aqui a rolar as lágrimas, tenho tanta saudades do meu pai e então ajunta a saudades da mãe e da querida irmã que tão cedo partiu, nossa eu sei que o dia que eu atravessar a ponte eles estarão lá e num delicioso abraço o tempo da separação será esquecido e então o tempo será infinito e o futuro deixará de ser uma incognita, beijos Luconi

    ResponderExcluir
  89. Muito lindo, e muito triste. Fiquei emocionada. Em agosto fez 28 anos que meu pai faleceu. As lembranças são nítidas, a saudade imensa.

    abraço.

    ResponderExcluir
  90. Que lindo! Seu pai está certamente felicíssimo com esta demonstração de amor.

    Beijinho,
    Ana Martins

    ResponderExcluir
  91. Ó meu amigo Aluísio,
    Que dor imensa perder quem nos deu o ser...
    Recordar é viver também esses belos momentos que passaram juntos mas também sentir essa dor na alma, imensa....
    Abraço-o.
    Ailime

    ResponderExcluir