segunda-feira, 23 de janeiro de 2012


QUANTO DE MIM EXISTIRÁ EM TI?


Texto de Aluísio Cavalcante Jr.





Estás tão profundamente em mim,

Que já não me recordo

Como era minha vida antes da tua chegada,

E de como será a minha vida

Após a tua partida.

Entre a certeza e a dúvida

Fico a imaginar

O que represento em tua vida.

Se te perguntasse,

A resposta poderia soar artificial.

Como não te pergunto,

Tento entender o que diz o teu silêncio.

Assim sigo a viver a nossa história,

Sabendo que há de ti muito em minha vida,

E a pensar no quanto de mim há de existir em ti.








_________________________________________







A HISTÓRIA DO TEXTO






Às vezes ficamos a imaginar

como seria bom saber a intensidade do amor de alguém

em relação a nós.

Ante a esta impossibilidade resta sentir este amor,

e dar a ele as nossas respostas,

verdadeiras ou não.











85 comentários:

  1. Querido amigo Aluísio

    Este texto, tão tocante, reproduz os meus sentimentos nos últimos dias... Eu não saberia exprimir-me tão bem!
    A leitura alegrou meu dia.

    Um abraço

    ResponderExcluir
  2. Lindo meu amigo e ás vezes no silêncio se tem as nossas respostas. Adorei. Entre a certeza e a dúvida andamos a maioria das vezes. Beijos com carinho

    ResponderExcluir
  3. Essa dúvida também alimenta o amor, impulsionante-mor deste escrito, que é uma declaração de amor.

    ResponderExcluir
  4. Olá querido amigo
    Lindo e emocionante...
    A beleza do amor...da chegada...da permanência, retratado em poesia
    Encantada!
    Um abraço poético!

    ResponderExcluir
  5. Assim é o amor... a misturar as nossas almas. :) Meu abraço, amigo; boa semana!

    ResponderExcluir
  6. Lindo e merece aplausos!abraços praianos,chica

    ResponderExcluir
  7. "Estás tão profundamente em mim..."
    Talvez isso seja o suficiente.

    Mas, dizer que seu texto é simplesmente lindo, não não é!

    Abraço ;)

    ResponderExcluir
  8. Somos curiosos, somos inseguros, eis o porque nos deparamos com o medo...
    A razão está em nós velejar em mesmo sentido, vivendo o presente sem olhos para trás...
    A expectativa é má companheira que nos burila a ficar em constante descoberta das ocultas, nos atrapalhando o vivenciar das coisas que nos chegam...
    O amor é imensurável, sem começo e nem fim, desperta do puro, das afinidades, dos encantos de um coração tranquilo... Sejamos felizes e vivamos a plenitude...

    Abraços
    e feliz semana meu amigo

    Livinha

    ResponderExcluir
  9. Meu querido amigo

    Quem dá amor assim, sem pedir nada em troca, merece ser amado sempre.

    Deixo um beijinho com carinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  10. Realmente a gente nunca sabe, porque é algo para se sentir. Talvez um abraço feito o da imagem responda muito mais, diga muito mais.

    abraço

    ResponderExcluir
  11. Há coisas que não precisam ser perguntadas... sentem-se... e este poema escreve sentires.

    Muito bonito
    beijinho
    cvb

    ResponderExcluir
  12. Uma vez uma amiga me disse que: "Coração dos outros e terra que ninguem chega"...antes nao entendia o que ela queria me dizer com isso, hoje sei bem o que tentava me dizer...
    A verdade e bem como voce disse sabemos o que nós sentimos, quanto aos outros so nos resta imaginar que somos queridos, amados...e algumas vezes erramos nas nossas suposiçoes..
    Amei o poema!!

    ResponderExcluir
  13. Amor se sente e não se explica e, acima de tudo, vive-se! Estou seguindo teu mosaico de seguidores e agradeço se me seguires de volta em meu mosaico! Seja bem vinda ao meu espaço, nosso espaço! Abraço fraterno e carinhoso!
    Elaine Averbuch Neves
    http://elaine-dedentroprafora.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  14. Só sentindo...e mesmo assim jamais obteremos uma resposta fidedigna né?!
    Beijuuss, mestre amado, n.a.

    ResponderExcluir
  15. Olá,Aluísio!!

    Que belíssimo poema!!!Já me fiz esta pergunta...e fiquei sem resposta.Mas o certo é que não dápara imaginar minha vida sem meu marido...
    Beijos pra ti!!!
    Tudo de bom!

    ResponderExcluir
  16. Ah meu amigo, depois de ler algo tão belo, só suspirando mesmo, adorei beijos Luconi

    ResponderExcluir
  17. Nossa, que lindo...
    Eu gostaria tanto que alguém se preocupasse assim.
    Que imaginasse os sentimentos que há em mim...
    Mas tem pessoas que não tem essa capacidade ou
    sensibilidade para viver um verdadeiro amor.
    Parabéns!
    Com carinho
    da
    Fátima

    ResponderExcluir
  18. OI ALUISIO!

    TEU TEXTO NOS LEVA A REFLETIR...
    SERIA MUITO BOM SABER A INTENSIDADE DE CADA AMOR QUE TEMOS PELA VIDA AFORA, PAIS, IRMÃOS, MARIDO OU ESPOSA, FILHOS E ASSIM POR DIANTE,MAS NA IMPOSSIBILIDADE DESTA VERIFICAÇÃO, VAMOS SEGUIR AMANDO MUITO!
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  19. Seria maravilhoso saber o tanto de amor que as pessoas que amamos sentem por nós, seria mágico, assim como é o amor.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Lindo este fundirem-se.

    Esta para mim é a verdadeira expressão doq eu chamam amor. A construção.

    Beijos Aluísio

    ResponderExcluir
  21. Lindo poema,
    temos mesma essa necessidade de saber o quanto alguém nos ama e me pego imaginando que deve ser com a mesma intensidade do meu sentir , aí me acalmo rs
    talvez seja porque se meu amor transbordar o retorno será sempre positivo.
    grande abraço Aluísio

    ResponderExcluir
  22. Lindo e verdadeiro!

    temos sempre essa expectativa em relação ao outro qt ao sentimento...


    meu abraço...

    Zil

    ResponderExcluir
  23. Amigo Poeta,

    No amor é exatamente assim :Doação x Doação ...Para que perguntas, para que respostas...? Basta amar e se sentir amado .

    Beijos amigo Aluisio.

    ResponderExcluir
  24. Olá Aluisio,sou professora,conheci seu blog através de uma amiga, gostaria de fazer um pedido para que me ajude indo no link abaixo e deixando um recadinho.Estou concorrendo com o meu texto:"Transformando um Sonho em Realidade" no concurso Educação Nota 10 do Globo.
    A seleção acontecerá agora no dia 30/01/2012.
    Por favor, visite o link e deixe um comentário por lá.
    Será que vc pode me dar uma força?
    Conto com a sua ajuda!
    Qualquer problema, postei também o link no post do meu blog, é só ir lá e clicar (http://ler-com-prazer.blogspot.com).
    Obrigada!Paz e Luz!
    Esse é o link:
    http://www.educacao10.syncmobile.com.br/?p=576

    ResponderExcluir
  25. Nosso Bom e Fraternalmente Amado Escriba e Poeta,lindo lindo,para sábado esse, entre chuva fina e frio em pleno verão from Rio, sorver and sorver!

    bzuz nossos

    viva la vie

    regina e ricardo

    ResponderExcluir
  26. Hola Aluisio!

    Delicioso poema. ¡El silencio tiene vos y palabras! El silencio dice muchas cosas, sólo hay que entenderlas. Y, cuando el amor es verdadero, ¡no se necesitan muchas palabras! Se nota rápido… con hechos, con gestos, con una simple mirada.

    ResponderExcluir
  27. Amigo,

    E quem nunca se perguntou? Acho que é uma curiosidade de todos...rs

    Antes de tudo o amor acontece nas perguntas porém ele se intensifica nos silêncios. Por mais que queiramos entendê-lo as respostas que tanto procuramos são evasivas e só fazem aumentar o encantamento.

    Um grande abraço, Aluisio e desejo que tenhas um abençoado final de semana!

    Deus seja contigo

    ResponderExcluir
  28. Muito bonito amigo a interpretação de um amor..Sim nunca saberemos o tamanho de um sentimento mesmo porque não vivemos no coração das pessoas que amamos .Isto muitas vezes nos deixa muitas duvidas..mas,o importante disto tudo é saber o tamanho dele dentro de nós porque ele sim nos dar vida para proseguir andando em uma só direção..

    Um grande beijo e adoro tudo que escreve.

    Ando um pouco afastada dos meus amigos mais te digo que tenho atravessado grandes barreiras em minha vida que não sei onde vai terminar.

    Fica com o Altissímo

    ResponderExcluir
  29. Sempre encantador, amigo querido!!!
    Um excelente fim de semana!!!
    Beijos meus!

    ResponderExcluir
  30. Oi, Aluizio!Singelo e profundo, assim que posso te definir através dos teuus textos. Parabéns! Obrigada pelas lindas palavras que deixaste em meu blog. Bjs

    ResponderExcluir
  31. Que o amor possa estar no coração e imaginação de cada um de nós. Você disse muito bem, "ante a impossibilidade resta sentir este amor,
    e dar a ele as nossas respostas,verdadeiras ou não". O amor é assim mesmo, as vezes incompreendido...

    Obrigado pela visita e comentário, espero te-lo outras vezes em meu humilde espaço.

    Abraço do amigo

    ResponderExcluir
  32. Que lindeza de poema.
    Tua poesia é um sentir de coração, da alma.
    Dom poético.

    Um beijo Aluisio.

    ResponderExcluir
  33. Lindoooo poema, amei! *------*
    parabéns pelo seu talento e ótimo trabalho com o blog.
    Beijos

    ResponderExcluir
  34. Não podemos saber o que vai no coração da pessoa que amams, então o que nos resta é sentir... é isso que move. Felizes os que são verdadeiros achei muito lindo teu sentir e gostoso de ler.
    Bj

    ResponderExcluir
  35. Como seria a nossa vida sem esse amor...como será se esse amor se for... enfim uma série de questões que nos fazemos e que não interessam. O que importa é sentir o amor no aqui e no agora, pois o passado interessa pouco e o amanhã é uma incerteza. Sinta-se e viva-se o amo em cada gesto...em cada silêncio...em cada atitude; não são precisas palavras. Muito lindo, como sempre, Aluísio. Muito obrigada pela partilha. Um beijinho e espero que tenhas uma bela semana
    Emília

    ResponderExcluir
  36. Olá Aluisio,
    Lindo e emocionante!
    Muitas vezes, o amor não se revela em palavras e, sim, em atos e no profundo da alma.
    Eu creio, verdadeiramente, que o real amor esconde-se dentro da alma, num cantinho doce e terno.
    Amei seu poema!
    Desejo que tenhas uma semana abençoada.
    Afetuoso beijo.
    Maria Paraguassu.

    ResponderExcluir
  37. Caro Aluísio,

    O seu belo poema me fez pensar como temos que aceitar viver com a ausência de quem amamos quando está na altura de ir embora.
    Como me escreveu, sinto a dor mas pouco a pouco habituo-me a ela e não vou fechar o meu coração à alegria, nem eu nem os outros merecem isso e os que partiram também não o desejam.
    Obrigada pelas suas palavras poéticas e sensíveis.

    Beijinhos
    Verdinha

    ResponderExcluir
  38. Olá!Acho que todo mundo espera ter um amor assim...pra compartilhar a vida em tudo e trocar experiências,emoções...Adorei seus versos!

    ResponderExcluir
  39. Esse é um lindo amor, esperado por todos. Beijos e ótima semana amigo.

    ResponderExcluir
  40. Mais um SHOW de poema...

    Bom dia amigo!

    beijooo.

    ResponderExcluir
  41. Amigo Aluísio,
    Divino este poema em que canta o amor de uma forma sublime.
    O amor é isso mesmo sentir no silêncio do outro essa magia da entrega recíproca.
    Grata pelo seu carinho no meu canto.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderExcluir
  42. Esses são pensamentos que todos temos, Aluisio!!

    E vc tem razão... A melhor resposta não está necessariamente nas palavras... Está no olhar, no gesto, no sorriso, no carinho e em todas as coisas partilhadas...

    Lindo isso!

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  43. Oi Aluisio... que poema lindo!!!

    Olha, eu concordo plenamente que o silêncio pode nos dar muitas respostas. Mas, às vezes é melhor arriscar e falar, né? Pois corremos o risco de deixar coisas importantes que desejamos passarem. Infelizmente, nem todo mundo consegue compreender o silêncio do outro e os sentimentos que há por detrás dele.

    Adorei seu comentário lá no blog...

    beijos

    ResponderExcluir
  44. Meu amigo, a nossa imaginação supera todas as respostas, penso eu :)
    Mas o olhar diz tudo!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  45. Nessa minha madrugada de insônia, em devaneios pela rede, encontrei "Quanto de mim existirá em ti?", e ao lê-la, despertou em mim, a lembrança de um dia que pensei o mesmo em relação a certo alguém...Eu nunca soube. Creio que a tua percepção da vida e do amor, já lhe deu a resposta.

    Gostei daqui. Voltarei!

    Bjoss

    ResponderExcluir
  46. Aluizio,muito lindo seu poema!Sempre intensas as emoções!Bjs e bom dia!

    ResponderExcluir
  47. Lindo e verdadeiro, Aluisio!!

    Grande talento o seu de mesclar ideias e traduzir sinceridades do amor...

    Beijos, parabéns!

    ResponderExcluir
  48. Olá Poeta,

    Belíssimas palavras....tocou no fundo da alma...

    Saudações

    ResponderExcluir
  49. No silëncio buscamos aprender, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  50. Un bonito poema de amor, agora que se achega San Valentín.
    Grazas pelo seu comentario no meu blog.

    www.leriasdebea.blogspot.com

    ResponderExcluir
  51. Boa semana, amigo; meu abraço. Aguardo o novo post!

    ResponderExcluir
  52. Hola amigo!

    O amor, sempre o amor!
    Onde foi que se escondeu?
    E por que insiste nesta imagem
    que não me agrada?

    Mesmo assim
    longe
    e perto desforme
    aqueça!

    Bjs.

    ResponderExcluir
  53. Ola Grande Poeta.que maravilha este dom que Deus te agraciou e felizmente compartilhas conosco para alegria e enriquecimento de nossas almas.És divino em todas tuas poesias.Foi bom demais te encontrar.Grande abraço.

    ResponderExcluir
  54. Meu querido amigo

    Passando para deixar um beijinho e desejar um bom

    Sonhadora

    ResponderExcluir
  55. Querido amigo Aluisio
    Que lindo e verdadeiro este poema!
    Quando se vive um grande amor não se consegue imaginar a vida de outra forma.
    O melhor é, sem dúvida, vivê-lo em pleno, e não pensar em perguntas nem respostas... :)

    Gostaria muito de o ver na minha «CASA» no dia 14.
    Posso contar contigo?

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  56. Lindo poema, amigo. Gostei muito. Abraços!

    ResponderExcluir
  57. Suas palavras são profundamente reflexivas, pois não fala apenas de paixões mas também das pessoas que cada dia marcam nossas vidas.
    Bernardo Fujita-2D

    ResponderExcluir
  58. Entender os silêncios...
    Adorei, que texto maravilhoso!
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  59. Nada como deixar fluir, interpretar silêncios, olhar nos olhos e aí não serão precisas palavras para expressar o quanto se ama.

    Beijinhos
    Manu

    ResponderExcluir
  60. João Pedro Tavares de Alencar 2°D23 de fevereiro de 2012 08:29

    Representa bem os sentimentos de várias pessoas que nesse momento estão sem muita perpectivas, ou melhor, estão de alguma maneira tentantando olhar como a vida vai ficar depois de um grande amor. Valeu Aluísio,abraço.

    ResponderExcluir
  61. As vezes as pessoas entram em nossas vidas sem querer e acabam transformando ela completamente. Temos que aproveitar cada instante com essas pessoas que entram em nossas vidas. Um texto muito bem elaborado que representa o que muitas pessoas pensam e não conseguem transmitir em palavras. Parabéns Aluísio. Continue assim.

    Beatriz Carvalho de Holanda 2B

    ResponderExcluir
  62. Emmanuella Passos Chaves Rocha 2b23 de fevereiro de 2012 10:30

    O texto me impressionou muito, pois assim que as pessoas entram em nossa vida, normalmente, não sabemos o valor dela,até perde-la,e sabendo o valor da mesma podemos valorizar enquanto estão presentes...

    ResponderExcluir
  63. A foto e o texto falam muito e são realmente comoventes! O que fazer quando alguém sai das nossas vidas sem qurerermos? Na maioria das vezes, só valorizamos quando perdemos e uma frase fala muito "tem que valorizar pra não perder"!! Valeu Aluisio, arrasou!!

    ResponderExcluir
  64. Muito bonito e sensível. Palavras que nos fazem pensar na importância que pessoas a nossa volta têm na nossa vida, cada uma com suas qualidades e defeitos. Fernanda Martini 2º A

    ResponderExcluir
  65. Achei o texto muito bonito e de uma sensibilidade admirável. Nos faz refletir sobre a importância das pessoas em nossas vidas, nos faz perceber que temos que dar valor agora, pois mais tarde elas podem não estar mais ao nosso lado. Muito bonito mesmo, parabéns. Gilda Cambraia 2ºA

    ResponderExcluir
  66. Texto muito bonito. Mostra a importancia das pessoas que fazem parte das nossas vidas, que nos amam e fazem tantas coisa por nós. Resta a nós responder com amor e gratidão. (JOÃO CARLOS 2 ANO D)

    ResponderExcluir
  67. Texto muito bonito. Mostra a importancia das pessoas que fazem parte das nossas vidas, que nos amam e fazem tantas coisas por nós. Resta a nós responder com amor e gratidão. (JOÃO CARLOS 2 ANO D)

    ResponderExcluir
  68. texto muito bonito, demostra a importancia das pessoas que sao especias para nossa vida, e que nos precisamos dar valor a elas
    Pedro Paulo F. Freire 2D

    ResponderExcluir
  69. "ainda que eu falasse a língua dos anjos e falasse a língua dos homens,sem amor eu nada seria".Muito lindo Aluísio,falar de amor,é sempre uma alegria
    Camilla Osório

    ResponderExcluir
  70. "ainda que eu falasse a língua dos anjos e falasse a língua dos homens,sem amor eu nada seria".Muito lindo Aluísio,falar de amor,é sempre uma alegria
    Camilla Osório 2ºB

    ResponderExcluir
  71. Lindo e merece aplausos,belos versos,mostra a importancia das pessoas em nossas vidas para aprendermos a dar o verdadeiro valor a elas... -Victor Luis

    ResponderExcluir
  72. parabens professor, pela sua linda forma de se expressar. amei a forma como voce fala do amor, me identifiquei muito com varias passagens. um beijo, Maria Rocha

    ResponderExcluir
  73. representa bem os sentimentos de várias pessoas que nesse momento estão sem muita perpectiva, ou melhor,estao de auguma maneira tentando olhar como as pessoas depois de um grande amor.
    gabriel arraes 2 c

    ResponderExcluir
  74. Texto lindissimo!...
    Parabéns a vc pela grande sensibilidade...
    Abços e muita luz em sua alma com certeza já iluminada...

    "Aprendi o silêncio com os faladores, a tolerância com os intolerantes, a bondade com os maldosos; e, por estranho que pareça, sou grato a esses professores."
    (Khalil Gibran)

    ResponderExcluir
  75. Verdadeiramente belo o que escreveu. Ficamos a imaginar a intensidade do amor que recebemos, se é o mesmo de antes, profundo, se sofreu alterações, ou se apenas são paranóias nossas.
    Acredito que sentimos as mudanças, ou não entendemos bem o amor, e assim de um certo modo cobramos o que não era para ser cobrado: AMOR!
    Beijos, e fique na paz!

    ResponderExcluir
  76. Simplesmente PERFEITO!!!

    Parabéns por ter esse dom de expressar os nossos profundos pensamentos e desejos!

    Que Deus o abençoe cada vez mais!
    Abraços!!

    ResponderExcluir