sexta-feira, 22 de junho de 2012



TEMPO DE SILENCIAR

Texto de Aluísio Cavalcante Jr.



Há dias, onde se faz necessário

O mergulho em nossos silêncios,

Para que se escutem

As vozes dos muitos Eus

Que nos habitam.



Tempo de estar sozinho,

Mas sem ser sozinho.

Tempo de germinar sentimentos.

Tempo de sentir saudades,

Mas também de deixar saudades.

Tempo de imergir em nossos oceanos,

Para provar das águas únicas

De nossas fontes mais profundas.



E depois deste tempo de silêncio,

Retornar ao presente de modo pleno,

Para sentir a vida com outra pele.

Para olhar a vida com outros olhos.

Para saborear a vida com outros gostos.

Para inspirar e ser também inspiração.




Há dias onde se faz necessário

O mergulho em nossos silêncios,

Para que possamos entender

O que a vida quer de nós,

E o que nós,

Verdadeiramente desejamos dela...






______________________________________________







A HISTÓRIA DO TEXTO






Existe um tempo onde precisamos mergulhar no silêncio

para ouvir a música da vida que nos habita.

Estou mergulhando em mim,

para ouvir a letra desta canção...








40 comentários:

  1. Sem dúvida, haveremos de respeitar o nosso tempo de silêncio...Precisamos!! Linda poesia! abraços,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Lindo!!
    Vivo fazendo mergulhos internos, pois e assim que percebo a vida ao meu redor...la estao contidos os detalhes mais pequenos...A visao, a sabedoria para enfrentar as dificuldades e os dissabores, a alegria de reconhecer em momentos e coisas simples a beleza da vida!

    ResponderExcluir
  3. Espero que nao se importe mas indiquei o poema no meu face para que meus amigos possam ter a oportunidade de ler tambem!

    ResponderExcluir
  4. Boa noite, Aluisio. Verdadeiramente ocorre assim.
    Na vida precisamos parar para darmos atenção à nós mesmos, ouvir a nossa voz interior, fazer uma reciclagem, pois sem ela, continuaremos sendo as mesmas pessoas sem reformas, sem mudanças, sem nexo.
    Muito lindo e profundo. Depois do silenciar das nossas almas, vem a descoberta.
    Um beijo na alma, e fique com Deus!

    ResponderExcluir
  5. Olá Aluisio,

    Passei um tempo assim a fazer balanço de mim, silencio que parecia não ter fim, mas de todo bem vivido estando a realizar sonhos. Cheguei a pensar que minha alma já não cantaria mais poesias porque bem estavas, feliz pelos dias, curtindo da minha alegria que a muito já não via.
    Houve tempo em que o silêncio não era uma busca pra mim, mas uma desistência, eu emudecida e tudo a minha volta, parecia não ter nota... As inspirações fluiam em rebeldia, coisas de poeta que na insatisfação se embosca na natura em suas horas admoestas...
    Parece que quando tudo está bem, a gente fica tão cheio de alegria, que nada mais cabe dentro da gente e das inspirações toma férias, pois que nada capta...
    Acho que escrevi demais... Lindo poema e que te valham as inspirações sempre presente em tua vida...

    Desculpe-me pelo tempo em falta, senti saudades...

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  6. Precisamos sim desse silêncio...

    Tudo bem com vc amigo?

    Bom fim de semana.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  7. Que belo texto, o silêncio por vezes é muito importante, para podermos entender certas coisas da vida.

    Bjus

    ResponderExcluir
  8. Hola, feliz fin de semana, felicitaciones, tienes un gran blog, es genial dejar mi huella en un blog bueno como el tuyo. Te invito cordialmente a que entres a mi blog, y leas un poema mio titulado “Muy tarde como para tomar acción”, muchas gracias, es un poema sobre un amor que no pudo ser.

    ResponderExcluir
  9. Os silêncios sempre acabam nos falando mais.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Imersão que contagia a tod....... psiu!
    Silencio também.

    ResponderExcluir
  11. Amigo Aluisio,

    Não encontro palavras para expressar o que senti ao ler tua postagem . Quero simplesmente ouvir o som deste silêncio maravilhoso que faz canção em nossa vida.É divino ! Beijo com carinho.Obs. Com o devido credito, venho postando algumas frases tuas, que me tocam em meu face .Convido-te a ser meu amigo,também lá .

    ResponderExcluir
  12. Nestes tempos tão barulhentos...tempos de ruídos medonhos...de correrias; tempos de pessoas solitárias no meio de grandes multidões...pessoas que correm sem terem rumo, pessoas com almas inquietas que não sabem parar para melhor enxergarem...para escutarem mais os outros...para conseguirem escutarem-se a si próprias. É necessário que saibamos ouvir o silêncio, pois só assim conseguiremos ouvir a nossa alma e dar-lhe a quietude de que ela tanto necessita. Um beijinho, amigo e parabéns por tão bela mensage. Até breve!
    Emília

    ResponderExcluir
  13. Olá amigo Aluísio,
    Sim, amigo, o silêncio em nós é por demais inecessário.
    E como expressa esta necessidade de uma forma tão elevada.
    Muito obrigada.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderExcluir
  14. Aluísio, é no silencio que nos encontramos. É necessário sabermos escutar-nos...
    Gostei de te ler.

    um abraço
    cvb

    ResponderExcluir
  15. O silêncio sempre nos diz algo muito importante.

    ResponderExcluir
  16. Não tenho palavras pra dizer o que senti ao ler...

    Silêncio!

    ResponderExcluir
  17. Aluísio,

    Boa noite,

    A bíblia diz que há tempo para todas as coisas, tempo de estar calado, e tempo de falar....

    Abraços
    Suely

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  19. E que linda canção, cheia de inspiração.
    É no silêncio de nós mesmos que encontramos as respostas e a força pra viver de forma harmoniosa.
    Beijos meu amigo!

    ResponderExcluir
  20. Silêncio, para refletir,sempre
    necessário, na vida de cada um...

    Um abraço

    ResponderExcluir
  21. Nossa Aluísio, um lindo poema refletindo exatamente a necessidade que cada ser tem de fazer auto exame de si para poder renascer, parabéns beijos Luconi

    ResponderExcluir
  22. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  23. UM CONVITE ESPECIAL

    Vim cá, lê o seu blogue. Eu, tenho um. Muito simples, sem Cores e sem Nuances. Estou lhe convidando a visitar-me, e se possível, Seguirmos juntos por Eles. Estarei lhe esperando lá, afinal o que importa é a Amizade que fazemos e as publicações que expomos.



    Eu te Convido a vir Aqui www.josemariacosta.com

    ResponderExcluir
  24. Oi Aluisio, que voltes a tona com a
    música pronta e que a letra te convide
    a um encontro de paz e harmonia consigo
    e com os teus semelhantes.
    Linda poesia, abraço!

    ResponderExcluir
  25. O silêncio desanuvia a alma...

    Beijo carinhoso.

    ResponderExcluir
  26. Olá amigo,
    O silêncio em nós, o silêncio em nosso redor. O silencio tempo privilegiado para o encontro connosco com o nosso interior.
    Beijinhos,
    Ailime

    ResponderExcluir
  27. São esses momentos de interiorização que nos fazem seguir o caminho com mais segurança, como dizes escutar a letra da vida para podermos trautear a nossa canção
    beijinhos

    ResponderExcluir
  28. Bella poesia, e concordo con il tuo pensiero! buona serata e felice inizio settimana...ciao

    ResponderExcluir
  29. Meu abraço, amigo. Aguardo que se vá o tempo de silêncio. Boa semana!

    ResponderExcluir
  30. Olá meu amigo, obrigada pela visita e pelo comentário muito gentil.
    Precisamos silenciar sempre para poder ouvir o que diz a nossa alma.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  31. Há muitos momentos da vida que precisamos do
    tempo do silêncio, mais num momento em que tudo
    está numa tremenda agitação.
    Bj.
    Irene

    ResponderExcluir
  32. Aluisio,sempre maravilhosos seus poemas!Sempre um prazer te visitar!bjs e boa semana!

    ResponderExcluir
  33. Gosto de sentir o meu silêncio e sentir a música mágica que aqui habita.
    Belo texto.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  34. El silencio es necesario a veces para escuchar la voz interior y la música del alma. Bella poesía. Un abrazo.

    ResponderExcluir
  35. Palavras que semeiam sentimentos.
    beijo

    ResponderExcluir
  36. Fiquei feliz em te ver, quebrando o silêncio, de volta por lá! abração,chica

    ResponderExcluir
  37. Silenciar, muitas vezes, é a coisa mais sábia a se fazer, amigo!
    Aproveito a minha visita para fazer um convite especial.
    Participe do meu agregador de links e divulgue seu(s) blog(s) de forma rápida, fácil e grátis:
    http://soniasilvino38.blogspot.com.br
    Beijocas, muitas!

    ResponderExcluir
  38. Aluisio Ale de se Meeu chara. Gostei muito tos textoo Felicidades sempre !!

    ResponderExcluir
  39. Aluisio Ale de se Meeu chara. Gostei muito tos textoo Felicidades sempre !!

    ResponderExcluir