quinta-feira, 23 de outubro de 2014



UMA HISTÓRIA DE AMOR
Texto de Aluísio Cavalcante Jr.


Eles se encontraram em uma manhã de sol.




Um vento calmo soprava sobre eles

No momento em que se olharam.

Havia uma alegria calma vinda da certeza

De que há muito tempo se conheciam,

E que faltava apenas o momento de se encontrarem.




Então, naquela manhã,

Deram-se as mãos de um modo tão suave,

E seguiram mergulhados um no outro,

Como se já estivessem juntos há muito tempo.

Ele via nela a inspiração de muitos sonhos.

Ela via nele a paz de muitos dias.

E assim seguiram multiplicando suas vidas...

E frutificaram juntos...

E entardeceram juntos até o pôr-do- sol das suas existências...




Há quem diga que eles continuam juntos

Em outros mundos.

Caminhando de mãos dadas por entre as estrelas.

Iluminando com seu amor todo o universo.






__________________________________________________







A HISTÓRIA DO TEXTO





Amar é uma forma de eternidade.

Hoje sei que a morte

é mais forte que a vida,

mais sei também,

que o amor é mais forte que a morte.



Para Rê.



12 comentários:

  1. Belíssimo meu querido... eu acredito num encontro assim.
    Bjusss

    ResponderExcluir
  2. Este é um amor Verdadeiro.
    As imagens criadas são um espelho desse amor:
    - Dar-se as mãos
    - Caminhada de partilhas e projectos
    - Entardeceram até ao pôr-do-sol dos seus dias

    ResponderExcluir
  3. E o amor é maior que a morte, sim; ele permanece nos nossos corações apesar dela nos ter afastado da pessoa amada. E para viver com amor é preciso, sim , que digamos muitas vezes a nós mesmos: " sou feliz...sinto-me bem...a vida é uma bençaõ ", porque se assim não for, a caminhada torna-se difícil. A alegria é fundamenta. Lindo, amigo. Parabéns. Beijinhos
    Emília

    ResponderExcluir

  4. Frutificaram e entardeceram. Lindo! Este é o poder do Amor. Noutros mundos estarão de certeza, a espalhar carinho e bem-aventuranças.

    Grande abraço, Caro Aluísio.

    Olinda

    ResponderExcluir
  5. Desenhas belos traços
    com os dedos desses passos
    sutis entre folhas secas
    sublimes entre teus versos

    O amor entre dois é belo
    realça o amor cósmico e
    ainda mais a vida, pra mim
    que a creio mais que a morte

    Um Abraço!

    ResponderExcluir
  6. Lindo seu texto , meu amigo . Um amor assim é dádiva eterna . Parabéns ! Beijos

    ResponderExcluir
  7. Lindo demais, o que seria de nós se no além vida nossos amores não sobrevivessem? Todo tipo de amor se verdadeiro irá sobreviver, é laço indestrutível, abraços Luconi

    ResponderExcluir
  8. Um amor eterno, quem o não deseja, mas poucos o conseguem alcançar.

    Beijinho meu amigo

    ResponderExcluir
  9. Lindo poema, amigo: Es verdad el amor mueve a la humanidad. Es fuerte si! Pero también puede ser muy frágil, es tan delicado... que debe mimarse como se mima una planta des nuestro jardín.

    Un abrazo y buen fin de semana.

    ResponderExcluir
  10. OI ALUISIO!
    LINDO!
    O AMOR TRANSCENDE, VAI ALÉM DE NOSSA CAPACIDADE DE ENTENDÊ-LO, EXPLICÁ-LO, QUANDO VERDADEIRO É FORTE E IMORTAL.
    ADOREI.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Belíssimo poema! Comovente história de amor, que certamente se estende além desta vida, continua, em outros estágios... Amar é, sim, uma forma de eternidade! Eu diria, inclusive, que a eternidade somente existe para que se desfrute plenamente o amor - sem começo nem fim de dias!
    Abraço.

    ResponderExcluir