sábado, 5 de março de 2011


ENQUANTO ESPERO
Texto de Aluísio Cavalcante Jr.


Hoje o meu coração está distante.

Envio o meu espírito ao seu encontro,

Para envolvê-lo com a ternura de um abraço,

E trazê-lo novamente a mim.


Não sei quanto tempo durará esta espera.

Talvez um dia, uma semana, um mês...

Sinceramente não sei.

E assim enquanto espero,

Mergulho dentro de mim,

Para olhar-me no mais profundo do meu ser,

E entender sobre o que estou fazendo

Com a minha vida,

Com os meus sonhos,

Com o meu amor...


Hoje o meu coração está distante.

Envio o meu espírito ao seu encontro,

Para enfeitá-lo com o encanto da alegria,

E trazê-lo novamente a mim...







_________________________________________________






A HISTÓRIA DO TEXTO






Há dias que o coração está tão longe,

que é necessário ir ao seu encontro

para que a distância possa ainda ser vencida.

Em dias assim fico em silêncio.

Um silêncio sem alegria,

mas também sem desespero...










82 comentários:

  1. Mais um lindo texto para encantar os dias tristonhos de meu ser... Mais um lindo texto para encantar, não importa o quê...

    ResponderExcluir
  2. Amigo, amado!
    Belo presente para um sábado nada carnavalesco...quando o coração está assim longe e numa distância - momentaneamente - intransponível.
    Beijuuss n.c.

    ResponderExcluir
  3. Meu querido amigo

    Um silêncio contido...uma espera, talvêz serena...mas um amor imenso e um sonho por viver.
    Adorei ler este poema.

    Beijinho
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  4. Que linda escrita!
    Adorei ler!
    Suave seja a sua noite amigo querido!
    Beijinhos de luz em seu doce coração!

    *-*

    ResponderExcluir
  5. Oi Amigo!
    Dias assim há, emudecem os corações, o pensamento voa, mas há serenidade suficiente para não entristecer.
    Gostei.
    Parabéns.
    Até breve
    Herminia

    ResponderExcluir
  6. Este texto traduz fielmente tudo o que sinto... Impossível não me emocionar.

    Beijos de luz no seu coração

    Um domingo de paz pra você, Aluisio!

    ResponderExcluir
  7. Querido amigo,

    Obrigada pela alegria de tua visita.
    Obrigada pelo carinho, pelo texto,
    Obrigada por teres este coração,tão cheio
    de emoções, de tantos sonhos e de tanta serenidade.Quisera eu, ter alegria para ofertar,mesmo em momentos em que o coração está assim,digamos,carente...Beijo grande,bom feriado de Carnaval.Te admiro muito.

    ResponderExcluir
  8. Muitos dias andamos assim perdidos procurando um reencontro com a nossa outra parte.
    Os silêncios da bagagem tornam-se demasiado pesados.

    ResponderExcluir
  9. Quando me sinto assim, acredito que uma parte de mim está viajando por planos que não alcanço para voltar e tornar-me mais inteira. Grande abraço.

    ResponderExcluir
  10. Descrever sentimentos não é simples, não é fácil, e muito menos desnudar emoções tão bem como você o faz... Beijos meu querido Aluisio, fiquei feliz com sua visita, bom carnaval pra vc.

    ResponderExcluir
  11. Obrigada pela visita! Fiquei feliz!
    Adorei o poema, e que esse amor seja incansável, mesmo com a distância.
    Um beijo imenso!

    ResponderExcluir
  12. Adoraria saber tocar violino.

    Não vejo ahora de conversar contigo sobre o filme.

    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  13. Meu bom amigo talvez o seu coração precise de afecto,de mimos, de sonhos novos em pujança...Muita alegria e energia positiva para esse coração triste...

    Fique bem querido amigo

    ResponderExcluir
  14. É meu amigo Aluisio,
    tem dias que a gente precisa dar-se ao recolhimento, curtindo os pensamentos, na sensibilidade de dizer e ouvir, naquele encontro cuja saudade persiste em viver dentro, que não é ausente, porque vive da ausência...

    Feliz carnaval pra ti

    Abraços

    Livinha

    ResponderExcluir
  15. Até com o coração distante você passa serenidade na sua escrita. E envia o espírto para um abraço com ternura. Lindo!


    abraço

    ResponderExcluir
  16. O meu coração está aqui, bem pertinho, meu amigo querido!
    Beijos, muitos!

    ResponderExcluir
  17. Lindo.

    Há dias assim em que os sentimentos parecem anestesiados...

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Aluisio,


    Texto poético transbordante
    de sentimentos ...
    Lindo !


    Bjo e um Dia de Paz.

    ResponderExcluir
  19. Sim meu amigo tudo esta dentro de nós e como são urgentes esses silêncios para nos re...encontrar-mos.
    que o meu abraço chegue a ti cheio de força do universo
    bj

    ResponderExcluir
  20. ___________________________________

    ...assim é! Há dias em que ficamos ausentes de nós mesmos... Ainda bem que sempre retornamos, pois só AQUI é que encontraremos a verdadeira felicidade!

    Bonito poema!

    Beijos de luz e o meu carinho...


    Zélia (MUNDO AZUL)

    ______________________________________

    ResponderExcluir
  21. Que poema lindo, amigo querido! Maravilhoso! Delicadamente triste e belamente escrito.

    Beijo no seu coração de poeta! :)

    ResponderExcluir
  22. Querido amigo; um lindo e apaixonado poema! É verdade sim; muitas vezes não conseguimos segurar as emoções. Quem sabe Deus não permite um reencontro?
    Boa semana! Beijos

    ResponderExcluir
  23. É meu amigo, a vida é assim ...
    Por muitas vezes preciso voar com as minhas emoções para os lugares mais distantes para matar sensações que me consomem....
    Beijossss

    ResponderExcluir
  24. Há dias em que nos sentimos sozinhos, em que precisamos fazer as pazes com o nosso eu....
    E, depois sonhamos, voamos, manchamos o ar com novas cores....
    Lindo....
    Obrigada pela visia
    Beijos e abraços
    Marta

    ResponderExcluir
  25. A espera às vezes congela alguns sentimentos.

    Beijo!

    ResponderExcluir
  26. Meu querido amigo Aluisio
    Há um tempo para amar, há um tempo para esperar.
    Na espera, por vezes, surge a tristeza, e o pensamento vagueia longe.
    Mas um dia a espera termina e volta a felicidade.

    Um alegre carnaval. Beijinhos

    ResponderExcluir
  27. caríssimo educador,bons ventos o levem sempre aos campos meus de girassois, amei post esse,lírico até,nesses dias de sodoma e gomorra!

    obrigado pelo belo comentário

    te abraço,

    viva la vida

    ResponderExcluir
  28. Amigo querido o silêncio muitas vezes ajuda a responder mutas incertezas .

    Te deixo um beijo e um carinho

    ResponderExcluir
  29. Querido amigo, um poema fantástico, arrepia a pele, e aconchega o coração da gente!! Lindo de viver, levo um pouco de afeto e deixo meu carinho e admiração sempre!!

    ResponderExcluir
  30. Amigo Poeta,
    Que nunca o sonho se apague no seu coração.
    Que o abraço que vem do Alto o fortaleça na espera do reencontro.
    Com o meu carinho e admiração.
    Ailime

    ResponderExcluir
  31. "Pode-se graduar a civilização de um povo pela atenção, decência e consideração com que as mulheres são educadas, tratadas e protegidas."
    (Marquês de Maricá) Em homenagem ao dia internacional da mulher.
    Beijos achocolatados

    ResponderExcluir
  32. Olá!
    Sou sua mais nova seguidora.
    Também sou cearence e professroa de sociologia.
    Visite meu blog. Será um prazer dividir com você meus rabiscos de poesias.
    Saudações poéticas!

    ResponderExcluir
  33. Bom dia!!

    Maravilhoso seu texto!!
    Me encantou!!!
    *Obrigada pela visita!
    Volte mais vezes!
    Beijos!!
    Parabéns!!

    ResponderExcluir
  34. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  35. Olá, caro poeta!

    Já marquei tantos encontros com o meu coração, quando o senti tão fora de mim...

    Mas fui tomada por imenso medo de não encontrar mais essa parte de mim... Um medo de não amar mais, um medo de desistir de tudo...

    Então, quando esse medo se torna assim tão grande, meu coração dispara para me avisar que ele, o meu coração, está aqui dentro de mim, forte, vivo, precisando apenas de uma oportunidade para encontrar alguém que melhore o seu compasso e que ele possa bater forte sim, mas por uma pessoa muito especial...

    Nossa, Aluísio! Acho que o seu poema me inspirou... As palavras saíram assim rápidas, mas suvamente...

    Um grande abraço.

    Bjs
    Chris

    ResponderExcluir
  36. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  37. Belo poema... e sábio conselho. Quantas vezes precisamos mergulhar emn nós mesmos! Meu abraço, boa semana.

    ResponderExcluir
  38. Lindo poema

    Não há distancia que o nosso desejo ou sonho não vença

    ResponderExcluir
  39. Texto elaboradíssimo!Deixou-me tonta! Mas, impressionou-me. Imagem bem próxima do que fazemos, quando todo o resto fica sem sentido...

    BeijooOs

    ResponderExcluir
  40. Vim retribuir a visita e me encantei com teu coração aqui tão explicitado, e como me identifiquei, puxa, um presente nesse Dia dedicado as mulheres. E, uma frase do amor e o tempo me abriu os olhos..........
    Bj em tua alma

    ResponderExcluir
  41. É no silêncio que nos encontramos com nós proprios, que interiorizamos a nossa vida e a repensamos...

    Abraço

    OA.S

    ResponderExcluir
  42. Há dias assim, há que saber contornar essa distância. Muito bontio!

    Beijinho,
    Ana Martins

    ResponderExcluir
  43. "Tem dias que a gente se sente como quem partiu ou morreu"
    Mas a gente vai contra a corrente até não poder resistir.
    Um coração não deve partir.
    Em dias assim eu não fico em silêncio.
    Não espero... Me desespero!
    Falo falo falo
    E escrevo...
    Poemas dispersos, meio sem nexo.
    Dependendo da desordem dos meus pensamentos.

    Obrigada pela visita na Maraláxia.
    Sabia que eu fiquei muito honrada e feliz?
    Obrigada!
    Com carinho
    Fátima

    ResponderExcluir
  44. Aluísio amigo: precisamos, por vezes ,de deixar o coração fugir para, com nossa força interior, o fazermos sentir saudades nossas...
    BEIJO AMIGO
    LUSIBERO
    (Mª ELISA)

    ResponderExcluir
  45. Querido amigo; é no mais íntimo do nosso ser, que encontramos o nosso amor. É la que silenciosamente, ouvimos e pronunciamos as mais doces palavras e choramos a nossa dor.
    Beijos

    ResponderExcluir
  46. Engraçado que vc não sabe se durara um mês..
    eu não sei se durara uma vida inteira.
    Pois me encontro assim a mais de um ano!

    beijos...

    ResponderExcluir
  47. Mais um texto repleto de sentimentos.
    Maravilhoso.

    ResponderExcluir
  48. Que a espera seja feliz!
    Lindos versos!
    Obrigada pela visita!

    ResponderExcluir
  49. Desculpe a demora.. Mas ando tão sem tempo.. Mas sei que sempre conseguimos tirar um tempinho para rever os amigos. Muito obrigada pela sua visita. Amei este poema..
    Simplesmente belo.
    Desejo Sucesso e Paz para ti, amigo. Até mais.
    Sandra

    ResponderExcluir
  50. Querido amigo,


    Um maravilhoso poema! Tudo diz do coração que sente e anseia. Parabéns pelos versos que traduzem de forma brilhante este sentimento.

    Carinhoso beijo

    ResponderExcluir
  51. Sim, meu querido, há dias em que o silêncio é a ponte entre os pensamentos e a saudade.

    Beijos ternos,
    Inês

    ResponderExcluir
  52. Boa noite.

    É bom ter um amor... E poder esperar por ele.
    Muitas felicidades!!

    Um grande abraço.
    Maria Auxiliadora (Amapola)

    ResponderExcluir
  53. Com certeza o silêncio nos é benéfico em muitos momentos, principalmente quando nosso coração está distante e precisa se recompor
    Belo e reflexivo poema amigo!
    Beijos pra ti com carinho!

    ResponderExcluir
  54. Ler,sentir o amor,seja de forma for sempre nos faz bem
    Obrigada pelo carinho da visita
    Tenha um final de semana cheio de boas energias,paz,saúde e luz!
    beijos poéticos
    Mari

    ResponderExcluir
  55. Sempre lindos poemas, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  56. Por intermédio do silêncio podemos viajar sem sair do lugar...e muita das vezes a distância é percorrida rapidamente...
    Um abraço na alma...muito reflexivo o poema e o texto, bom fim de semana...

    ResponderExcluir
  57. Vim aqui retribui sua gentil visita no meu sótão e acabo eu sendo gentilmente brindada com palavras em forma de versos que lembram que as vezes é preciso percorrer caminhos para que o encontro seja possível.
    bom fim de semana

    ResponderExcluir
  58. Peço licença para entrar em seu espaço,
    e deixar um recado igual para todos os que considero.
    A Blogosfera é um paraíso literário.
    Aqui encontramos pessoas com dons maravilhosos!
    Eu tive muita sorte... Nesses caminhos eu encontrei você!
    Obrigada por fazer parte da minha vida.
    Um beijo carinhoso

    ResponderExcluir
  59. Deixo-lhe um silêncio respeitoso...

    ResponderExcluir
  60. Querido amigo

    Chega ao fim a tua espera
    Que apesar de tanta demora
    Surge por encanto a vida
    Trazendo um mundo de alegria.

    Beijos de vida

    ResponderExcluir
  61. Olá, Aluísio
    Meu coração também está distante hoje... acho que estou a precisar de um abraço de mim...
    Abraços fraternos de paz e excelente fim de semana.

    ResponderExcluir
  62. Aluisio!

    O silêncio é terno e nos aquece a alma!!!

    Que seu amor retorne logo para seu abraço verdadeiro e amoroso!

    Um beijo ...um belo e doce poema!

    Sonia Regina

    ResponderExcluir
  63. Agradeço pelo comentário ^^.

    Há dias em que me sinto assim tmb e até gosto, ficar quietim num canto é bom em alguns momentos na vida, mas isso quando já se esta exausto e pra isso é preciso viver ;D

    ResponderExcluir
  64. "Em dias assim fico em silêncio.

    Um silêncio sem alegria,

    mas também sem desespero..."

    Tenho estado assim ultimamente, ficar sem desepero já é uma vitória.

    Zezinha

    Um abraço, meu amigo querido!!

    ResponderExcluir
  65. Olá amigo. Somente hoje estou voltando à ativa nos blogs depois de um longo período de descanso. Nossa, como gosto dos seus textos. Fica difícil comentar tanta sensibilidade. Às vezes, é preferível entrar de joelhos nesse santuário e agradecer por tão lindas palavras. Grande abraço e uma linda semana.

    ResponderExcluir
  66. Nossa Lindoo Poema...
    Estou seguindo seu blog. através do blog da minha amiga Priscila fui procurar novos poetas e te achei. Parabéns pelo talento e se puder visite meu blog.

    -bejoos

    ResponderExcluir
  67. Meu abraço, caro amigo, e votos de boa semana. Aguardo o novo post.

    ResponderExcluir
  68. Meu poeta,
    muitas vezes me sinto assim. Hoje, inclusive.
    Sinto que meu coração, de uma maneira que não sei explicar se perdeu de mim. Em algum momento de minha vida.
    tento e tentarei sempre traze-lo de volta. E tb sem desespero!
    Lindo texto.
    obrigada pelo carinho de sempre!
    beijos

    ResponderExcluir
  69. Esperar pelo coração, que está distante. Hora de parar e de refletir... em silêncios, tantos silêncios. "Enquanto espero..." Lindo demais! Beijo

    ResponderExcluir
  70. A espera bonita e com o coração sempre nos traz algo que a vale a pena por esperar no final.

    Lindo!

    Grande Beijo.

    ResponderExcluir
  71. Meu lindo amigo Aluisio,

    Há dias assim....
    Há dias em que nada é negro apenas e somente distante...e o silêncio e a calmaria nos invadem em prefeição o nooso ser.
    Maravilhoso,mesmo assim longe...mas ás vezes é necessario a gente se encontra conosco mesmos.

    bjinho cheio de luar

    ResponderExcluir
  72. Em algum lugar no futuro, encontraremos um antídoto para combater distâncias e saudades, então não mais existirá um sofrer por causa disso... :)

    Agora que reparei, tu és também do Ceará, minha terrinha, cheia de sol, e de bom humor.

    Abraços, ótimo fim de semana.

    ResponderExcluir
  73. Quando ficamos assim, nos interiorizamos para dar aconchego pra alma...
    Apesar dos pesares, isto é bom pra recomeçar, colocar nosso coração em ordem... Harmonizar.
    Tudo tem um porque né amigo, tudo acontece por uma razão. Deixa o tempo passar...

    Lindíssimo o poema. Como sempre uma maravilha de leitura. Adoro demais teus escritos.

    Meu amigo,
    Feliz dia do blogueiro para ti.
    Uma linda semana de paz.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  74. Querido amigo; são viagens ao nosso mais lindo sentimento. Desejos latentes que as vezes vêm a tona.
    Lindos versos!
    Boa semana! Beijos

    ResponderExcluir
  75. Aluísio... Como sempre seus textos são belíssimos e eu gosto muito de ler... sei que fazia tempo que não vinha por aqui (uma pausa necessária), mas pouco a pouco vou retornando aos blogs queridos...
    Beijos, flores e muitos sorrisos!

    ResponderExcluir
  76. Ola meu amigo Aluísio tudo certo passei para dar uma boa tarde e dizer que esse poema é muito bonito...

    Que Deus abençoe vc e sua familia...

    Um grande abraço...

    ResponderExcluir
  77. Quanta poesia nisso e meta poesia amigo poeta!
    que coisa mais linda!

    ResponderExcluir
  78. Querido Aluísio!
    Como está o seu coração?

    Batendo forte,
    esperando um norte?

    Ou já está aí,
    dentro do seu peito?

    Diga para ele
    que a poesia só existe
    se ele está aí,
    alegre ou triste...

    Mas se ainda teimar
    em vagar sem destino,
    diga para visitar
    o meu cantinho...

    Tem lá um jardim colorido
    esperando novos amigos
    para conversar comigo...

    Bjs
    Chris

    ResponderExcluir
  79. Muito belo o seu poema.
    Parece estarmos em sintonia, porque o abraço encurta e ameniza distâncias quando a saudade aperta o nosso coração.
    Podemos abraçar um filho, um amigo, um outro amor, abraçando o mundo.
    Beijinhos.
    Ailime

    ResponderExcluir
  80. Oi...voltei a escrever...te espero lá no meu pedaço!!!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  81. Hoje só vim lhe desejar uma feliz Páscoa meu querido.
    Obrigado pelo carinho da visita.
    Um beijo grande.

    ResponderExcluir