segunda-feira, 18 de janeiro de 2010


SONHADORES
Texto de Aluísio Cavalcante Jr.


Sonhadores nunca morrem.

Quando se vão passam a viver de outra forma.

Transformam-se em inspiração

E assim continuam presentes em nossos caminhos,

Vivos nos sonhos que semearam.

Quando quisermos vê-los novamente

Deveremos usar os olhos do coração,

Olhos capazes de ver tudo o que é belo

E também tudo o que é capaz de inspirar o belo.

Quando sonhadores partem

Juntam-se a outros sonhadores,

Para continuarem a semear em nossas vidas

As sementes do que de melhor há no mundo,

Do que faz a vida valer à pena e tornar-se plena,

Do que dá brilho a esperança e alimento a paz.

Sonhadores nunca morrem.

Quando se vão deste mundo passam a viver de outra forma,

Vivos nos sonhos que semearam.

Continuam a habitar nossos corações,

Ensinando-nos o verdadeiro sentido de estarmos vivos,

E lembrando-nos o verdadeiro sentido para dedicarmos nossas vidas.






_______________________________________





A HISTÓRIA DO TEXTO





Zilda Arns foi uma sonhadora.

Dona de profundo conhecimento

mostrou a todos que a conheceram,

como utilizar este conhecimento para a construção

de uma sociedade mais justa e solidária.

Que sejamos capazes de utilizar seus conhecimentos

para semeamos o amor que imaginamos para toda a humanidade,

Construindo um novo modelo de sociedade

Fundamentado na vida e não no capital.











59 comentários:

  1. Meu querido amigo
    Belo poema, num sentimento de amor pelo próximo.
    Lindo

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  2. Linda homenagem, texto perfeito!

    Tomara que quando um sonhador encontrar o seu descanso, possa mandar outro para este nosso mundo.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Belíssima homenagem, ela foi um ser humano muito especial. Beijos no coração.

    ResponderExcluir
  4. Belissíma postagem a essa gde Mulher.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  5. ESSAS PESSOAS,HOMENS E MULHERES É QUE SÃO VERDADEIROS HERÓIS E HEROÍNAS...ATENDEM AO CHAMADO DO CORAÇÃO E FAZEM DA SUA VIDA UMA VERDADEIRA MISSÃO.

    AMIGO OBRIGADA PELO POEMA MARAVILHOSO

    FIQUE EM PAZ.
    ABRAÇO

    ResponderExcluir
  6. Aluisio,tens nome e alma de poeta!
    Como eu costumo dizer,nem todo aquele que pensa ser poeta o é,na íntegra;pois o poeta é um artista das palavras,com a essência intensa de sonhador que quer ver o surreal se tornar real,ao menos em suas nuances nostálgicas:sublimes momentos em que o precioso dom do coração se faz presente em nossas vidas diárias e comuns...
    Amigo,me defino também como alguém que sonha muito,além de seus próprios limites,e muito além do que minhas limitações humanas me permitiriam,transponho meus sonhos para um lugar só meu,mas onde posso levar como companhia todos os meus queridos...
    Na Bíblia,está descrita a trajetória de um homem,José do Egito,cuja característica maior era seu jeito sonhador;por isso,foi perseguido pelos próprios irmãos,dado como morto,vendido como escravo por eles,feito prisineiro por uma mentira(por ter se negado a trair a si mesmo)mas,depois de tudo,por ter se mantido fiel ao seu princípio,sendo um sonhador,foi levantado como governador do Egito,o segundo,depois de Faraó...Isto nos mostra o quanto DEUS acompanha a jornada de uma pessoa,até torná-la uma vencedora...
    "Não é o fim da trajetória de um homem que mostra que foi um campeão;o que o tornará assim é se ele foi um lutador,isso sim,é que mostra que venceu;um vencedor é aquele que ultrapassa seus prórios limites,um herói é aquele que se porta como um valente,que prova sua resistência,diante dos desfios,que o destino lhe propôs...
    Sonhadores são estes personagens que nos inspiram,e que,mesmo com sua morte,mostram que continuam vivos:em nosso coração,nos instruindo a continuarmos tendo esperança...
    Os sonhadores são os que chegam o mais perto possível de Deus...

    ResponderExcluir
  7. Os sonhos não morrem, permanece sempre vivo
    no coração de quem ama... Fraternidade
    poder de todos nós quando o amor presente
    se torna...
    Chegar a Deus é a realeza daqueles que se deixam
    acreditar na luta, nas emanações dos anjos que nos auxiliam no desejo da vida abraçar...
    Razões, está na compreensão do valor da existencia, no jeito puro, desinteressado de se fazer por estar sempre vivo aqui e do lado de lá...
    A vida é uma sequencia, o tempo não pára, como
    não podemos parar...
    Somos obreiros do Senhor neste patrimônio a nós entregue com amor... Unamo-nos então de mãos dadas, quando na união somos a força, na salvaguarda desse nosso bem interior...

    Lindo poema Aluísio
    parabéns!!!

    Bjss

    ResponderExcluir
  8. Olá amigo Aluísio.
    O coração de um sonhador será sempre jovem.
    Belas palavras.
    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  9. Li um texto do Leonardo Boff sobre a Zilda, no qual ele bate nessa mesma tecla, a da sociedade sem o controle do capital. Creio que a justificativa da existência é, justamente, a luta por um mundo melhor, que só pode ser renovado com nossos sonhos.

    ResponderExcluir
  10. Somos todos sonhadores mas fazer a diferença neste mundo que é importante, se doar é difícil para a maioria das pessoas mas faz um bem tremando ao coração, faz quem consegue, paz.

    ResponderExcluir
  11. Que os frutos fiquem...delicados como as mãos de quem plantou as árvores.

    Linda homenagem...

    Abraços!

    ResponderExcluir
  12. Que pena que vai ar aula essa semana no Cientista,pois a minha irmã está indo assistir e ficou feliz quando eu disse que iria conhecê-lo.Espero que esteja por lá no sábado.Beijos

    ResponderExcluir
  13. Também acredito que uma pessoa não é tão somente a aparencia que a identifica, a posição que ocupa, o dinheiro que possui em uma conta bancária, as formas físicas conquistadas na ponta do bisturi, mas a leveza do que fez e do legado deixado por entre os caminhos da vida.

    E, no Haiti, e em todas as outras catástrofes que ilustram essa vida, quantos heróis e heroínas tornaram-se lenda, um misto de homem-santo, tão bom e generoso que o vento levou embora....

    Jaqueline Sales

    ResponderExcluir
  14. SONHADORES NUNCA MORREM... E CÁ ESTOU EU A SONHAR...MUITO BOM! INTENSO MAS NÃO DENSO...VERDADEIRO, SENTIDO E JAMAIS PIEGAS...
    UM GRANDE ABRAÇO
    JULIANA GALANTE

    ResponderExcluir
  15. Olá,

    Vim agradecer sua visita e conhecer o seu espaço, adorei os textos , linda homenagem a esta grande mulher sonhadora , parabéns

    Volte sempre ao meu cantinho, será um grande prazer receber seus comentários, tb estarei aqui

    Um abraço e um dia iluminado

    ResponderExcluir
  16. uaaaaaaaaaauuuuuuuuuuuuuuu

    isso é tudo... 'fundamentado na vida e não no capital'

    muito bom, adorei!

    :)

    ResponderExcluir
  17. Apesar da ausência física, as pessoas permanecem vivas no nosso coração.
    Grata pela sua passagem nos universosquestionáveis :)

    ResponderExcluir
  18. lindo o texto...
    mas acho que sonhar é importante,
    e lutar para realiza-lo também
    não ficar parado esperando que aconteça
    essa mulher foi um exemplo disso.

    Lulu, que saudade:~)

    ResponderExcluir
  19. Já Fernando Pessoa dizia que para sentirmos, acreditar, sonhar...tinhamos que sonhar.
    Eu sonho, e muito :)

    Beijinho :)

    ResponderExcluir
  20. Sonhos não morrem e os que os plantaram continuarão vivos cada vez que alguém,ao menos tentar, lhes seguir o exemplo!!

    Muito bela a homenagem!!

    Obrigada por me visitar!

    Um abraço!

    Sonia Regina

    ResponderExcluir
  21. Um grande exemplo de dedicação ao próximo, jamais esquecerei seu sorriso. Que ela seja bem acolhida nos céus. Bjs

    ResponderExcluir
  22. Sonhadores...
    Sonhar é preciso sempre!
    O mundo sem sonhadores, seria um mundo morto...
    Sem vida...

    Belo poema! Perfeito!

    Bjos e uma linda semana de paz!

    ResponderExcluir
  23. 1:30 da madrugada e estou aqui a ler teus textos. Te encontrei hoje e me apaixonei por tua poesia. Outro elo: poesia...sou apaixonada por poesia, minha leitura favorita. A gente vai se encontrando nos nossos " cantinhos" e vai se conhecendo... Um gde bj.

    ResponderExcluir
  24. Conheci Zilda aqui em minha Piracicaba em um curso de capacitação no início da Pastoral da Criança foi amor a primeira vista. A apelidei de "Mamãe Sorriso", com certeza para quem deixava sempre o conforto dó lar para trabalhar para os pobres e famintos a sua morte foi digna do seu trabalho. Afinal, como diz o amigo e escritor Richard:"ela não poderia morrer em uma cama com lençóis brancos". Parabéns, pela sua poesia dedicada a esta "Grande Mulher". Ana Marly

    ResponderExcluir
  25. Lindo...grata pela visita no meu blog. Uma ótima semana para você!

    ResponderExcluir
  26. Muito obrigada pelo comentário em meu blog. Penso que é isso mesmo. Uma ótima semana para ti tb.
    bjs

    ResponderExcluir
  27. Que a minha solidão me sirva de companhia,
    que eu tenha coragem de me enfrentar,
    que eu saiba ficar com o nada
    e mesmo assim me sentir, como se
    estivesse plena de tudo".

    Clarice Lispector


    Desejo uma linda semana para você.
    Abraços com todo meu carinho

    ResponderExcluir
  28. Muito obrigada pela visita e por ter gostado daquilo que escrevo (:
    É bom sermos sonhadores!
    Semana de sonhos *

    ResponderExcluir
  29. amigoooooo

    Há um selo de homenagem para o seu blogue.

    Veja aqui:

    http://sentimentosad.blogspot.com/2010/01/estou-muuuuito-muito.html

    abraço!

    ResponderExcluir
  30. As suas palavras são sempre confortaveis :)

    Obrigada**

    ResponderExcluir
  31. Caro Amigo!
    Se eternizam em nossos corações.
    Grande Abraço

    ResponderExcluir
  32. Belo poema, bela homenagem! Sinto-me feliz, em ter vindo conhecer o seu blog. :) Boa semana.

    ResponderExcluir
  33. Lindo poema Aloísio...

    Somos também responsáveis pela continuidade dessa semente tão fértil lançada por Zilda Arns.
    Quero agradecer caro amigo poeta seus comentários no meu blog... Muito obrigada por ter em vc um leitor assíduo!!!

    Grande abraço poético do cerrado...

    ResponderExcluir
  34. Que texto belo!
    Aqui é sempre assim...
    Grata por suas palavras e sua delicadeza sempre!

    Uma ótima semana querido.
    Beijo

    ResponderExcluir
  35. Linda homenagem. Fiquei emocionada. Realmente ninguém morre. Parte-se para uma outra dimensão espiritual. E aqui ficamos a nos lembrar dos que partiram "quando quisermos vê-los novamente, deveremos usar os olhos do coração". É dessa forma que vejo minha filha, que também partiu para a Pátria Espiritual. Parabéns pela postagem, pela homenagem, por seu belo espaço. Beijos.

    ResponderExcluir
  36. Oi, Amigo Aluisio! Grandes trabalhadores do bem como a Sra.Arns não podem ser esquecidos por nós, pois são o exemplo vivo da edificação do trabalho do Deus na Terra. A homenagem é linda e perfeita e toca-nos o coração. Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  37. Olá, grande poeta.
    Começo assim copiando uma frase sua "Sonhadores nunca morrem", só essa frase já me deixou emocionada, ao terminar de ler compreendi a grandeza de tuas palavras.
    Obrigada pelas visitas no meu blog, sua presença é muito mais muito importante p/ mim.
    Bjs no coração Jú (*_*)

    ResponderExcluir
  38. Fiquei emocionada com o lindo texto que vc fez Pelos Caminhos da Vida.

    Meu muito obrigada mesmo, adorei amigo.

    Desejo que em sua vida...

    Não exista cara feia,
    Não exista bolso furado,
    Não exista tempo apressado,
    Muito menos grãos de areia.
    Não exista tempo fechado,
    Não exista problema dobrado,
    Não exista sonho frustrado,
    Muito menos amor acabado.
    Não exista amigo esquecido,
    Não exista negócio falido,
    Não exista boato mexido,
    Muito menos dinheiro sumido.
    Não exista tempo nublado,
    Não exista ambiente abafado,
    Não exista corpo dobrado,
    Muito menos bom senso abalado.
    Não exista mágoa engolida,
    Não exista emoção reprimida,
    Não exista alma sofrida,
    Muito menos felicidade perdida...
    Só desejo que você seja feliz!!!

    (Desconheço o autor).

    beijooo.

    ResponderExcluir
  39. Meu querido!

    Que MARAVILHOSA a sua homenagem...

    Continuaremos sonhando...

    Beijos neste seu lindo coração!

    Bia

    ResponderExcluir
  40. Aluísio,
    Belíssima poesia, ela diz tudo.
    Zilda nos mostrou que sonhos são possiveis.
    E ela deixou um caminho que deveríamos seguir, para que possamos viver num mundo melhor.
    Abraços,
    Marise.

    ResponderExcluir
  41. Eu também postei sobre Zilda Arns. Muito bom lembrar desses seres humanos especiais.
    Grande abraço

    ResponderExcluir
  42. Mais que sonhadora,esta mulher foi um belo exemplo de ser humano que deverá ter muitos seguidores, o mundo precisa de pessoas do bem.

    ResponderExcluir
  43. Querido Aluísio,

    Zilda Arns plantou sonhos e deixou muitos discípulos do bem para semeá-los.

    Parabéns pela bonita e sensível homenagem.

    Beijos,
    Inês

    ResponderExcluir
  44. Sempre comovente! Que gesto maravilhoso o seu! Que bom que somos amigos!

    A QUE PONTO PODEMOS AMAR!
    Poema da Renata a minha querido
    Beijos mil RêRuivinha****************

    Emocionar-me perto de ti
    Falar delicada e sinceramente
    Não me cansar do conforto que me dás
    Encher os meus gestos de ternura
    Fremir ao contato da tua pele
    Não poder ficar sem teu corpo e tua alma
    Vibrar uma noite ou uma vida toda
    Trocar beijos roubados
    Esquecer tudo nos teus braços
    Comer os teus olhos de tão lindos
    Mas neste momento é sobretudo chorar
    Perto do teu sorriso, dos teus braços, de ti
    A que ponto podemos amar?
    Sem ponto final

    Obrigada pelas adoráveis visitas.
    Felicidades sempre
    + Beijos

    Fica o convite para que visite este blog coletivo
    http://blogrenatapoesia.blogspot.com//
    Não é de ninguém. É de todos.

    ResponderExcluir
  45. Sonhadores nunca morrem.
    Algumas pessoas são, realmente, especiais. Como Zilda, que mais que exemplo, foi luz.
    Que bela homenagem, Aluísio!
    Abraço grande e meu carinho.

    ResponderExcluir
  46. Que linda homenagem à uma mulher que não conhecia a maldade, vivia em função de fazer o bem aos outros e partiu de maneira tão triste...

    ResponderExcluir
  47. Aluisio,

    A generosidade enriquece a todos. E o lucro é geral. Ela era generosa.

    Bom fim de semana.
    Grata pela visita.
    Beijos no coração

    ResponderExcluir
  48. É uma honra receber seus comentários no nosso modesto "retirito".
    Agradeço ter-me dado a conhecer essa figura ímpar.
    Devemos todos trabalhar para um todo e uma finalidade, que é para ganharmos a entrada um dia no Reino de Deus.
    Bastava termos esse sonho e trabalharmos nesse sentido...todos seríamos felizes e viviamos felizes.
    Nada nos faltaria.
    Muito saudável ler os seus escritos e escolhas.
    Forte abraço
    Família de Mer

    ResponderExcluir
  49. Aluisio,
    Olá estou sentindo falta de suas palavras lá no blog...rs.
    Lindo fim de semana.
    P.S.: sentimos saudade das pessoas que fazem a diferença na nossa vida.
    Bjs no coração (*_*)

    ResponderExcluir
  50. Belíssimo post!
    Obrigada pelo seu carinho sempre!
    Beijinhos de luz!

    *-*

    ResponderExcluir
  51. Sonhar, eis um chão infinito e uma condição humanizante diante da coisificação do homem. A tua poesia é nos remete a sensibilidade que nos renova e estimula o sonho. Grata.

    ResponderExcluir
  52. A beleza das palavras deste poema mostra toda sensibilidade que só as almas generosas possuem,
    Esta grande mulher merece todas as homenagens, pois sonhou e pois o sonho em prática em prol da humanidade.
    beijos

    ResponderExcluir
  53. "O sonho comanda a vida"; já dizia o poeta.

    ResponderExcluir
  54. Olá !:)

    Tens mesmo palavras de quem vê com os olhos do coração. Entres elas, essas me cativaram.


    Obrigada pela visita!
    Agora que já sei o caminho, me achego! =]

    Abraço.

    ResponderExcluir
  55. Aluisio,uma bela poesia para uma bela mulher!Realmente os sonhadores nunca morrem!Abraços,

    ResponderExcluir
  56. acho que essa poesia serve não só para Zilda,mas também para qualquer sonhador. Que através de seus sonhos podem e/ou poderam acressentar algo para melhoria de vida de alguém.

    ResponderExcluir
  57. De eternecer o coração.
    Me parece que Deus envia à Terra pessoas assim, prá nos lembrar a força do bem e apontar a rota que conduz a Ele.

    Paz, poeta Aluísio. E um abraço carinhoso.

    ResponderExcluir